Weidman aposta em McGregor contra Aldo: ‘Nocauteará no fim do segundo round’

Segundo campeão dos médios, irlandês é "muito grande para o peso, muito atlético, grande e confiante"

C. Weidman (foto) arriscou até a forma e o round em que o desafiante sairá vencedor. Foto: Josh Hedges/UFC

C. Weidman (foto) arriscou até a forma e o round em que o desafiante sairá vencedor. Foto: Josh Hedges/UFC

Veja Também

Treinador de José Aldo acredita que Conor McGregor irá fugir da trocação no UFC 189
Assista à pesagem do UFC Berlim, com a disputa do cinturão peso palha. Ao vivo!
Campeão do TUF Rony Jason cai no antidoping e é suspenso por nove meses
Fabrício Werdum leva suspensão médica de seis meses após vencer Cain Velasquez

Após vencer quatro lutas consecutivas contra três atletas brasileiros (Anderson Silva, Lyoto Machida e Vitor Belfort), Chris Weidman assumiu o posto de “Inimigo número um do Brasil” no UFC, e, aparentemente, o campeão dos médios está se esforçando para justificar a fama. Questionado sobre o duelo que promete parar o país, a disputa do cinturão peso pena entre José Aldo e Conor McGregor, Weidman foi enfático e cravou que o irlandês levará a melhor, com direito a nocaute técnico pra cima do manauara.

“Adoro Aldo, sou um grande fã dele, mas acho que McGregor vencerá a luta. Acho que ele vence por nocaute no fim do segundo round. É uma coisa louca. Acredite, eu sei que o mundo vai acabar se ele ganhar essa luta. Todos querem vê-lo perder, exceto o UFC. Acho que ele é muito grande para o peso, muito atlético, grande e confiante”, disse o norte-americano, em entrevista ao canal norte-americano “FOX Sports 1”.

A aguardada disputa de cinturão entre José Aldo e Conor McGregor acontece no dia 11 de julho, na MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas (EUA). O duelo é a luta principal do UFC 189, que tem como evento co-principal a disputa do título dos meio-médios entre Robbie Lawler e Rory MacDonald.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments