Treinador de Aldo aponta divergências entre diagnósticos do Brasil e do UFC sobre lesão

Dedé Pederneiras afirma que médicos brasileiros indicam fratura na costela do campeão e esclarece que luta só acontecerá se Aldo estiver bem

Dedé Pederneiras (foto) quer esperar luta contra Lamas para pensar em mudança de divisão para Aldo. Foto: Reprodução/Facebook

Dedé Pederneiras (foto) garante que Aldo só irá lutar caso esteja se sentindo bem. Foto: Reprodução/Facebook

O treinador principal de José Aldo, Dedé Pederneiras, afirmou que há uma divergência entre os diagnósticos feitos no Brasil e pelo UFC a respeito da lesão na costela que poderá tirar o campeão dos penas da luta principal do UFC 189.

Veja Também

Ex-lutador do UFC e comentarista diz que Aldo deverá lutar no UFC 189 pelo dinheiro
Assista ao HANGOUT SUPER LUTAS com a análise da derrota de Lyoto e a prévia do UFC 189. Ao vivo!
McGregor provoca Aldo: ‘Não se preocupe com a costela, eu vou mirar no queixo’

De acordo com o líder da academia Nova União, os médicos brasileiros ainda apontam que há uma fratura em Aldo, sendo que os representantes do Ultimate afirmara que o lutador sofreu um edema ósseo e uma contusão na cartilagem.

“Há um relatório médico no Brasil e uma avaliação nos Estados Unidos. Não sou médico para dizer qual está correto. Sei que ele está machucado e que sua costela está doendo. Ele está usando anti-inflamatório, então vamos esperar para ver se melhora. A luta ainda está de pé e vamos avaliá-lo novamente na semana que vem. Se ele não puder fazer nenhum exercício para cortar peso, ele não vai lutar. Isso não é uma preocupação”, esclareceu Pederneiras, em entrevista coletiva reproduzida pelo site norte-americano “MMA Fighting”.

Apesar da imensa expectativa para o UFC 189, Pederneiras afirmou que Aldo somente irá lutar caso esteja em boas condições. “Ele está proibido de fazer tudo agora. Se ele se mexer, a lesão não vai sarar, então ele precisa descansar. Ele está acostumado com dor, mas está sentindo muita dor neste momento. Nós só iremos deixá-lo lutar se ele estiver bem”, afirmou.

A luta entre Aldo e McGregor está marcada para o dia 11 de julho, em Las Vegas (EUA). O Ultimate já anunciou que, caso Aldo tenha de ser cortado da atração, Chad Mendes irá substituí-lo contra McGregor em luta que valeria o título interino da categoria.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments