Patrocinado por rival, Luke Rockhold detona novos uniformes do UFC

Segundo próximo desafiante ao cinturão dos médios, padrão dos modelos fará com que lutadores "percam suas individualidades"

Atleta da Adidas, Rockhold (foto) terá que usar uniformes da rival Reebok no octógono. Foto: Reprodução

Atleta da Adidas, Rockhold (foto) terá que usar uniformes da rival Reebok no octógono. Foto: Reprodução

Veja Também

Rockhold garante que Weidman não suportará seu ritmo: ‘Sei que vou quebrá-lo’
Evitado por Chad Mendes, Sonnen se vinga e publica celular do lutador na internet
Dana White revela que astro do telecatch deverá fazer sua estreia no UFC no início de 2016

Os novos uniformes do UFC, lançados em coletiva de imprensa em Nova York (EUA) na última terça-feira (30) dividiram opiniões entre o público – que até elogiou os modelos, mas também caçoou bastante dos erros cometidos pela Reebok. Próximo desafiante ao cinturão peso médio, o norte-americano Luke Rockhold, patrocinado pela rival Adidas, fez coro às críticas e desaprovou principalmente os padrões adotados pela marca parceira do evento.

“Todos estão parecidos, apesar das variações de países. Tenho medo de que os lutadores percam a individualidade. Será que o Khabib (Nurmagomedov) irá poder vestir aquela peruca dele? E o Tom Lawlor com suas entradas particulares? Os torcedores gostam disso, o público aprova esses personagens. Não vai acontecer mais”, disparou o atleta da American Kickboxing Academy, em entrevista ao site norte-americano “MMA Fighting”.

A partir da próxima edição do Ultimate, o UFC 189, no dia 11 de julho, todos os atletas serão obrigados a usar uma das opções de uniformes fornecidos pela Reebok. Apesar de serem autorizados a manterem seus patrocinadores pessoais, os lutadores precisarão usar os uniformes em eventos oficiais do Ultimate, vídeos publicitários da organização, treinos abertos e pesagens.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments