Ronda supera Mayweather, fatura ‘Oscar do Esporte’ e provoca pugilista

Campeã do UFC ficou com o prêmio "ESPY Award" nas categorias "Melhor Atleta Feminina" e "Melhor Lutador"

Ronda faturou dois prêmios e garantiu a dobradinha no "ESPYs". Foto: ABC/ESPN (Divulgação)

Ronda faturou dois prêmios e garantiu a dobradinha no “ESPYs”. Foto: ABC/ESPN (Divulgação)

Ronda Rousey não se cansa de derrubar tabus e levar o nome do MMA a territórios antes jamais frequentados por estrelas das artes marciais mistas. Após ser eleita a melhor atleta feminina de 2014 no “ESPY Award” (Excellence in Sports Performance Yearly Award, ou “Prêmio Anual de Excelência no Desempenho Esportivo”), considerado o “Oscar do Esporte” nos Estados Unidos e entregue pelo canal norte-americano ESPN, a campeã peso galo do UFC não só repetiu a dose em 2015 como ficou com o prêmio de “Melhor Lutador”, desbancando ninguém menos que o pugilista Floyd Mayweather Jr., que ainda teve de ouvir as provocações da loira.

Veja Também

Candidata a rival de rival de Ronda, Holly Holm vence sem sustos no UFC Fight Night 71
Em luta intensa, Mir aplica nocautaço em Duffee na atração principal do UFC Fight Night 71
Ex-campeão do PRIDE, lendário russo Fedor Emelianenko anuncia retorno ao MMA
Garota de apenas 13 anos é nocauteada em evento de MMA profissional no Rio
São Paulo recebe último evento do UFC no Brasil em 2015

Na premiação, entregue na noite desta quarta-feira (15), em Los Angeles (EUA), Ronda bateu nomes como a tenista Serena Williams e a lenda do esqui Lindsey Vonn para faturar a estatueta de “Melhor Atleta Feminina”. Já na categoria “Melhor Lutador”, que até então só havia sido vencida por Floyd Mayweather ou Manny Pacquiao, “Rowdy” superou, além do próprio Mayweather, os pugilistas Gennady Golovkin (invicto no boxe profissional e com um histórico de nocautes avassaladores) e Terence Crawford (campeão médio-júnior da Organização Mundial de Boxe), e o também lutador do UFC Donald “Cowboy” Cerrone.

Passada a conquista histórica, Ronda não esqueceu as alfinetadas passadas recebidas de Floyd Mayweather e provocou o rival, relembrando inclusive os episódios de violência doméstica vividas pelo milionário pugilista, que mais uma vez ficou com o posto de atleta mais bem pago do planeta. “Queria saber como Floyd está se sentido após ser batido por uma mulher pela primeira vez. Gostaria de vê-lo fingindo que não sabe quem eu sou agora”, disparou Rousey, em entrevista concedida no tapete vermelho do “ESPYs”.

Com mais dois prêmios para sua coleção, Ronda Rousey agora volta suas atenções exclusivamente para o UFC 190, evento que acontece no dia 1º de agosto, na HSBC Arena, no Rio de Janeiro (RJ). No card, único evento em pay-per-view a desembarcar em solo brasileiro no ano de 2015, Ronda colocará seu cinturão em jogo contra a invicta desafiante brasileira Bethe Pitbull.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments