Dillashaw aponta vantagem física sobre Barão e acredita que revanche será mais tranquila

Campeão dos galos diz que brasileiro deverá lidar com a pressão do corte de peso: ‘Me concentro na luta, e ele, na balança’

Dillashaw conquistou o título ao bater Barão e defendeu-o posteriormente contra J. Soto. Foto: Josh Hedges/UFC

Dillashaw conquistou o título ao bater Barão e defendeu-o posteriormente contra J. Soto. Foto: Josh Hedges/UFC

Em maio do ano passado, TJ Dillashaw chocou o mundo ao dominar Renan Barão no UFC 173 e conquistar o cinturão peso galo da maior organização de MMA do planeta. Apesar de, na época, ter se tratado de uma das grandes surpresas já ocorridas no esporte, Dillashaw garante que, desta vez, terá trabalho ainda mais fácil contra o brasileiro na revanche, que acontecerá neste sábado (25).

Veja Também

Vídeo: no aquecimento da revanche, assista na íntegra à primeira luta entre Barão e Dillashaw
Barão garante que revanche com Dillashaw será diferente de primeira luta: ‘Tudo mudou’

O norte-americano e Barão se enfrentarão na luta principal do UFC on FOX 16, na cidade de Chicago, nos Estados Unidos. Dillashaw acredita que o condicionamento físico será sua maior vantagem na luta, especialmente devido aos problemas já enfrentados por Barão no passado em corte de peso.

Os dois deveriam ter se enfrentado novamente em agosto de 2014, no UFC 177. No entanto, na véspera do combate, Barão desmaiou enquanto tentava chegar ao peso da categoria, 61 kg, e foi cortado do combate. Assim, o brasileiro não conseguiu se vingar do nocaute sofrido no quinto round no primeiro combate entre os dois.

“Eu me vejo acabando com a luta ainda mais rápido. Eu tenho uma grande vantagem por várias razões. Ele carrega muito peso em seu corpo, então ele cansa em suas lutas, enquanto que eu treino com o peso com o qual vou lutar. Estou me concentrando na luta, não na balança. Ele tem pressão extra no corte de peso, então eu deverei ser mais rápido e mais bem condicionado. Sei que ninguém trabalha mais duro que eu. Estou em forma e fiz tudo da maneira correta”, analisou Dillashaw, em entrevista ao jornal norte-americano “Los Angeles Times”.

Esta será a segunda defesa de título de Dillashaw. No UFC 177, com o corte de Barão, o campeão acabou enfrentando Joe Soto, a quem nocauteou também no quinto round.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments