Jacaré: ‘Não há outro adversário que faça sentido a não ser Yoel Romero’

Brasileiro ainda disse que, por sonho de conquistar o título no UFC, aceitaria até mesmo lutas na categoria de cima

R. Jacaré (foto) é o atual número dois do ranking de médios. Foto: Josh Hedges/UFC

R. Jacaré (foto) é o atual número dois do ranking de médios. Foto: Josh Hedges/UFC

O brasileiro Ronaldo Jacaré já foi escalado para enfrentar o cubano Yoel Romero duas vezes, mas em ambas, uma por causa de problemas físicos de cada atleta, o duelo acabou não saindo do papel. Hoje, ocupando a segunda colocação no ranking oficial dos pesos médios e com o rival no terceiro lugar, Jacaré acredita que não há mais motivo para adiar o duelo, que, segundo ele, deve definir o próximo desafiante ao cinturão da categoria até 84kg.

Veja Também

Lutador do UFC comenta namoro com Ronda e detona campeã: ‘Era muito homem pra ela’
Cyborg diz que aceitou luta com Ronda, mas campeã preferiu Miesha Tate
Vídeo: Assista a finalização de Glover Teixeira no UFC Fight Night 73
‘Pé quente’, Werdum assiste goleada do Grêmio sobre o Inter com cinturão do UFC

“Não há outro adversário que faça sentido a não ser (Yoel) Romero, então essa é uma luta que deve acontecer. Eu só estou esperando o UFC anunciar essa luta. As pessoas sempre me perguntam quem vai ser meu próximo adversário e eu digo que acredito que será o Romero, mas eu estou aguardando o anúncio”, disse Jacaré, em entrevista ao site norte-americano “MMA Fighting”.

Jacaré ainda garantiu que será o próximo campeão dos médios e disse que, até lá, aceita até duelos na categoria de cima. “Eu sempre estarei pronto para ser campeão. Eu trabalho para o UFC e alguns lutadores gostam de fazer o trabalho de matchmaker. Eu sou um lutador. Se o UFC acertar uma data e um adversário nos médios ou meio-pesados, eu estarei pronto para ser campeão”, garantiu.

Aos 35 anos, Ronaldo Jacaré tem um cartel profissional de 22 vitórias, três derrotas e uma luta sem resultado. O ex-campeão do extinto Strikeforce estreou no Ultimate em maio de 2013 e, de lá pra cá, conquistou cinco vitórias consecutivas, a mais recente delas sobre Chris Camozzi em abril deste ano.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments