‘Cyborg quer que lhe ofereçam dinheiro suficiente para levar uma surra’, diz Rousey

Segundo campeã do UFC, brasileira não assinou contrato para a luta não por conta do peso, mas sim do fator financeiro

Ronda Rousey (foto) voltou a falar sobre possível luta com Cyborg. Foto: Josh Hedges/UFC

Ronda Rousey (foto) voltou a falar sobre possível luta com Cyborg. Foto: Josh Hedges/UFC

Ao que tudo indica, a aguardada luta entre Ronda Rousey e Cris Cyborg não irá acontecer tão já. A diferença de peso entre as lutadoras frequentemente é apontada como o maior empecilho para a realização do combate, mas a norte-americana vê um outro fator que bloqueia as negociações: o dinheiro.

Veja Também

Cyborg diz que aceitou luta com Ronda, mas campeã preferiu Miesha Tate
Nutricionista garante que consegue fazer Cyborg bater o peso de Rousey em dezembro
Cyborg volta a pedir ao UFC por luta com Ronda: ‘Façam isso pelos fãs’

A campeã do UFC acusou a brasileira de tentar prolongar as conversas para que consiga extrair o máximo possível de pagamento. “Ela apenas está esperando que lhe ofereçam dinheiro o suficiente para ela levar uma surra”, escreveu, em sessão de perguntas e respostas com internautas no site “Reddit”.

“Toda essa demora é por causa do dinheiro, não do peso. Ela bate 66 kg entupida de esteroides. Ela consegue bater 61 kg sem ele. Os eventos nos quais ela é destaque perdem milhares de dólares porque ninguém compra. Ela precisa de mim. Então, basicamente estamos esperando que ela perceba que ela precisa lutar comigo, ou então ela nunca vai ter dinheiro suficiente para poder se aposentar”, completou a lutadora norte-americana.

Apesar de toda a rivalidade, Rousey não acredita que precisa enfrentar Cyborg para fazer seu nome crescer. “Eu gostaria de lhe dar uma surra antes de minha aposentadoria, mas mesmo se ela aparecer para lutar ou não, eu vou sair do esporte invicta e feliz de qualquer forma”, encerrou a atleta.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments