Para Sonnen, Ronda é ‘lutadora básica’ e não se compara a Jon Jones

Falastrão reconheceu relevância da campeã peso galo feminina do UFC, mas não poupou críticas ao aspecto técnico da loira

Sonnen (foto) já enfrentou Jones em 2013, e foi derrotado por nocaute técnico. Foto: Divulgação

Sonnen (foto) já enfrentou Jones em 2013, e foi derrotado por nocaute técnico. Foto: Divulgação

Um dos nomes mais polêmicos do MMA em todos os tempos segue aprontando das suas mesmo afastado do octógono. O ex-desafiante aos cinturões peso médio e peso meio-pesado Chael Sonnen falou sobre Ronda Rousey, maior fenômeno do esporte na atualidade, e não se intimidou ao tecer críticas à loira ou mesmo dizer que tecnicamente ela não se compara ao ex-campeão Jon Jones.

Veja Também

Liderado por Ronda Rousey, UFC 190 registra maior venda de pay-per-views desde 2013
Ronda recebeu oferta de R$ 18 milhões para estrelar filme pornô, diz site
Mesmo afastado, Jon Jones aparece treinando em vídeo
José Aldo ‘invade’ TUF 22 e tem encarada com McGregor

“Enquanto Ronda estiver lutando, as outras terão um grande obstáculo, elas não tem o histórico competitivo dela. No conjunto de técnicas ela não é única. Jon Jones é único. Ele faz movimentos de videogame que os apresentadores não conseguem descrever, porque nunca viram antes. Ronda é uma lutadora muito básica, mas é uma competidora incrível. Ela foi assim em toda sua vida no judô, esteve em dois Jogos Olímpicos. Essas outras meninas não tem isso. A divisão é nova, começou há dois, três anos. Elas não tem uma base, bagagem profissional ou qualquer coisa além. Ela é uma competidora, as outras não”, disse o falastrão, em entrevista ao podcast “Unleashed!”, do ex-lutador de telecatch “Stone Cold” Steve Austin.

Além disso, Sonnen também comentou a escolha de Holly Holm, e não Misha Tate, como próxima desafiante ao cinturão de Ronda. “Miesha Tate seria a adversária certa se fosse seguir o ranking, mas já teve duas oportunidades. A divisão carece de equilíbrio. Eu gosto que tenha sangue novo. Gostei de ser Holly Holm no lugar de Miesha, mas entendo Joe Rogan apontar Amanda Nunes. Poderia ter sido ela a escolhida, mas qual seria a diferença? Vamos pagar para ver a Ronda, essa é a verdade”, analisou.

Aos 28 anos, Ronda Rousey tem um cartel profissional de 12 vitórias em 12 lutas como profissional, todas elas por nocaute técnico ou finalização. Já Chael Sonnen, de 38 anos, se aposentou do MMA no ano passado com um cartel de 28 vitórias, 14 derrotas e um empate. O falastrão, que lutou contra Jon Jones em 2013 e foi derrotado no primeiro round, abandonou o esporte após ser suspenso por dois anos pela Comissão Atlética de Nevada por ser flagrado duas vezes no antidoping, mas deixou no ar a possibilidade de voltar ao octógono após o fim de sua punição no ano que vem.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments