Atletas do MMA têm participação discreta e brasileiros dominam ADCC em SP

Atletas tupiniquins levaram a melhor em sete das oito categorias; Durinho ficou com o bronze na divisão até 77 kg

Durinho (dir.) foi o atleta do MMA mais bem colocado no ADCC. Foto: Reprodução/Instagram

Durinho (dir.) foi o atleta do MMA mais bem colocado no ADCC. Foto: Reprodução/Instagram

No último fim de semana, a cidade de São Paulo, recebeu a 11ª edição do maior torneio de grapplingsubmission do planeta, o “Abu Dhabi Combat Club Submission Wrestling World Championship”, conhecido como ADCC. Contando com uma participação discreta dos atletas do MMA, cujo melhor resultado foi um terceiro lugar, a competição foi amplamente dominada pelos lutadores brasileiros, que venceram em sete das oito categorias.

Veja Também

UFC muda de planos e antecipa retorno de Ronda para novembro
Foto: Ex-UFC quebra a mão que fica como ‘bolinha de tênis’
Patricky Pitbull vence e fica próximo de cinturão do Bellator

Aliás, é possível dizer que o Brasil ficou com sete títulos e “meio”, já que a norte-americana Mackenzie Dern, campeã da divisão até 60 kg, é filha de pai brasileiro e dividiu seus treinos entre os dois países durante toda sua trajetória.

Entre os representantes do MMA, o melhor colocado foi Gilbert Durinho. O treinador de jiu-jitsu de Vitor Belfort acabou finalizado por Davi Ramos nas semifinais da categoria até 77 kg, mas se recuperou e ficou com a medalha de bronze. Já os outros representantes das artes marciais mistas, Vinny Pezão e Ben Henderson, foram eliminados nas rodadas iniciais.

Em um dos combates mais aguardados desta edição do ADCC, a superluta entre os discípulos de Carlson Gracie Ricardo Libório e José Mário Sperry, quem levou a melhor foi Libório, fundador e um dos treinadores da American Top Team, casa de diversos astros do MMA, entre eles o atual campeão peso meio-médio do UFC Robbie Lawler.

Confira os campeões do ADCC 2015:

Até 66kg: Rubens Cobrinha venceu Bruno Frazzato por pontos;

Até 77kg: Davi Ramos finalizou Lucas Lepri com um armlock voador;

Até 88kg: Yuri Simões venceu Keenan Cornelius por pontos;

Até 99kg: Rodolfo Vieira venceu Felipe Preguiça na decisão do juíz;

Acima de 99kg: Orlando Sanchez venceu Jared Dopp na decisão;

Absoluto: Cláudio Calasans venceu João Gabriel Roca por pontos;

Até 60kg feminino: Mackenzie Dern venceu Michelle Nicolini por pontos;

Acima de 60kg feminino: Ana Laura Cordeiro derrotou Jessica Oliveira por pontos.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments