‘MayPac’ encabeçam lista e MMA fica de fora dos ‘100 Atletas Mais Bem Pagos’

Lutadora do UFC mais bem paga, Ronda Rousey recebeu quase três vezes menos que o 100º colocado na relação

Mayweather (esq.) e Pacquiao (dir.) se enfrentaram em maio, em Las Vegas (EUA). Foto: John Gurzinski/AFP

Mayweather (esq.) e Pacquiao (dir.) se enfrentaram em maio, em Las Vegas (EUA). Foto: John Gurzinski/AFP

Veja Também

Apesar de derrota, Ortiz recebe R$ 1,2 mi no Bellator
‘Não vejo como McGregor pode vencer Aldo’, diz Mendes
Prestes a disputar o título, Gustafsson critica acordo entre UFC e Reebok: ‘Triste de ver’
Veterano do MMA, ‘Kid’ Yamamoto é cortado do UFC Japão

O MMA é, sem dúvidas, um dos esportes que mais cresce em popularidade no planeta e vem, cada dia mais, aumentando as cifras envolvidas no negócio. Porém, isso ainda não foi o suficiente para colocar os lutadores da modalidade entre os mais bem pagos do mundo. Na edição 2015 da tradicional lista da revista “Forbes” que divulga os “100 Aletas Mais Bem Pagos”, nenhum nome das artes marciais mistas.

A representante do MMA que mais se aproximou dos 100 atletas mais bem pagos do esporte foi Ronda Rousey, cujos vencimentos no ano chegaram a US$ 6,5 milhões. Porém, o número da invicta campeã do UFC ainda ficam bem distantes do 100º colocado no ranking, o jogador da NBA James Harden, cujo salário foi quase três vezes maior, US$ 16,5 milhões.

Protagonistas da luta mais lucrativa da história do esporte, em maio deste ano, os pugilistas Floyd Mayweather e Manny Pacquiao embolsaram juntos quase meio bilhão de dólares, US$ 300 milhões para o norte-americano e outros US$ 160 milhões para o filipino. Para se ter uma ideia da disparidade de vencimentos entre a dupla e os dos demais nomes da lista, o valor arrecadado por “MayPac” é quase equivalente a somatória dos salários de todos os outros oito esportistas do top-10.

Além de Mayweather e Pacquiao na primeira e segunda posições, respectivamente, a relação dos dez atletas mais bem pagos da “Forbes” foi dominada por representantes do futebol, golfe, basquete e tênis.

Confira abaixo o Top-10 da lista da “Forbes”:

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments