Louis Smolka finaliza Paddy Holohan e frustra torcida irlandesa no UFC Dublin

Combate, que seria apenas a abertura do card principal, acabou puxado para luta mais importante do show e trouxe a surpreende vitória do havaiano

Louis Smolka x Paddy HolohanO havaiano Louis Smolka jogou um balde de água fria na festa proporcionada pela torcida irlandesa na tarde deste sábado (24). Na luta principal do UFC Fight Night 76, evento realizado em Dublin,o peso mosca finalizou o atleta local Paddy Holohan, companheiro de treinos do falastrão Conor McGregor, e frustou os mais de 10 mil torcedores que lotaram a 3Arena.

Veja Também

Ericka Almeida é valente, mas perde para irlandesa no UFC Dublin
Rafael Carvalho vence favorito e conquista cinturão dos médios no Bellator 144

A luta entre Holohan e Smolka seria a primeira do card principal, mas acabou efetivada ao duelo mais importante depois do cancelamento em cima da hora do duelo entre o irlandês Joseph Duffy e Dustin Poirier, devido a uma concussão do lutador local, Com isso, a pressão por triunfo ficou toda depositada no ‘Hooligan’, que até teve chance, mas acabou não resistindo a uma finalização aos 4min09 do segundo round.

A luta

Com o apoio da torcida Holohan foi quem começou melhor. Ele rapidamente derrubou Smolka, mas foi o havaiano quem levou perigo no solo. Com um triângulo de mão ele esteve perto da finalização, mas o irlandês defendeu abrindo os braços.

Apesar do susto no solo, Paddy Holohan era quem tentava a queda todo o tempo, mesmo caindo por baixo em algumas situações no primeiro round. Ainda no chão, Smolka tentou a chave de calcanhar, mas sem sucesso sucesso. No recomeço em pé, o havaiano acertou um chute no rosto que abalaram Holohan. O irlandês suportou o castigo até o intervalo.

No segundo round, Holohan encurtou a distância e voltou a derrubar o rival. Após chegar as costas e fechar o cadeado na cintura, o irlandês tentou o estrangulamento, que foi defendido pelo rival. A torcida foi ao delírio com a quase finalização do lutador irlandês.

Apesar do susto, Smolka cresceu na luta e tentou responder com uma guilhotina. O irlandês fez a defesa, mas acabou cedendo a montada e em seguida às costas para encerrar a disputa com um mata-leão.

“Foi surreal, adorei o carinho assim mesmo (sobre a torcida contra), e agora é hora de sair daqui e beber uma cerveja. Obrigado por virem nos apoiar, vocês são incríveis”, disse Louis Smolka, ainda no octógono.

Já Paddy Holohan, mesmo derrotado, foi aplaudido pela torcida e fez questão de agradecer pelo apoio recebido.

“Eu nunca disse que era dotado, que era o melhor, mas os digo que dei tudo de mim. Foi uma grande luta, uma semana muito louca. Tiro o chapéu para Louis, que encarou o desafio e veio lutar aqui”, declarou Paddy Holohan.

Resultados do UFC Dublin

Louis Smolka finalizou Paddy Holohan com um mata-leão a 4m09s do R2;

Norman Parke  derrotou Reza Madadi na decisão unânime dos juízes;

Nicolas Dalby x Darren Till empataram;

Neil Seery finalizou Jon Delos Reyes com uma guilhotina a 4m12s do R2.

CARD PRELIMINAR

Steven Ray derrotou Mickael Lebout na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27);

Aisling Daly derrotou Ericka Almeida na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-27, 29-27);

Krzysztof Jotko derrotou Scott Askham na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28);

Tom Breese derrotou Cathal Pendred por nocaute técnico a 4m37s do R1;

Darren Elkins derrotou Robert Whiteford na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27);

Garreth McLellan derrotou Bubba Bush por nocaute técnico a 4m58s do R3;

 

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments