Esposa explica saída de Belfort da Blackzilians

Brasileiro fez sua preparação para a luta contra Dan Henderson no UFC SP integralmente em sua equipe, a OTB

V. Belfort (foto) não faz mais parte do time Blackzilians. Foto: Getty Images

V. Belfort (foto) não faz mais parte do time Blackzilians. Foto: Getty Images

Quando pisar no octógono montado no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo (SP), no próximo sábado (07), Vitor Belfort estará pela primeira vez nos últimos anos fazendo uma luta sem representar a bandeira da academia Blackzilians. Para a luta contra Dan Henderson, Vitor agora está integralmente em sua própria academia, a OTB, e sua esposa e empresária Joana Prado explicou o motivo da saída do “Fenômeno” do antigo time, que ela garante ter sido amigável.

Veja Também

Anderson Silva volta a dizer que deve retornar ao UFC em abril
McGregor canta vitória antes da hora: ‘Já derrotei o Aldo, ele está morto’
Ronda revela seu encontro ideal e condena uso de lubrificantes no sexo

“Não, nós não temos quaisquer problemas com a Blackzilians. Nós gostamos de todo mundo lá e nós sempre tivemos uma ótima e honesta relação com o Glenn (Robinson, proprietário da academia). O Vitor teve excelentes momentos junto da Blackzilians e é muito grato por tudo que eles fizeram por ele, mas ele já vem lutando há 20 anos e, mesmo quando ele estava em outros times, nós já costumávamos contratar uma equipe especial. Agora, na nossa academia, todos os olhares estão voltados para ele”, disse Prado, em entrevista ao site “Sherdog”.

Além disso, Joana lembrou que  Vitor já havia dividido seus treinos para a disputa de título contra Chris Weidman entre a Blackzilians e a OTB. “No camp para a lutar contra Weidman, Vitor já vinha treinando tanto na OTB quanto na Blackzilians. É como eu disse anteriormente: nós sempre costumávamos trazer nossa própria equipe para os camps do Vitor. A única diferença é que agora todos os técnicos vão estar lá trabalhando exclusivamente com e pelo Vitor”, concluiu.

No sábado (07), Vitor Belfort fecha a trilogia contra o veterano Dan Henderson na luta principal do UFC São Paulo. O evento, que acontece no Ginásio do Ibirapuera, na capital paulista, será o último do ano de 2015 da maior organização de MMA do planeta em solo brasileiro.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments