Com derrota de Ronda, UFC 193 bate recorde histórico de público

Evento, no entanto, ficou pouco menos de mil torcedores acima do antigo recordista, o UFC 129: St. Pierre x Shields

Etihad Stadium (foto) não ficou completamente lotado para o UFC 193. Foto: Reprodução

Etihad Stadium (foto) não ficou completamente lotado para o UFC 193. Foto: Reprodução

Veja Também

Vídeo: Assista ao nocaute de Holly Holm sobre Ronda Rousey no UFC 193
Holly Holm choca o mundo, vence por nocaute e deixa Ronda chorando
Após nocaute, Ronda deixa estádio e é encaminhada para hospital na Austrália

Foi por pouco. Quando o Ultimate anunciou um evento em um estádio de futebol com capacidade para mais de 70 mil torcedores parceria que o recorde de público da organização cairia facilmente, mas as coisas não aconteceram bem assim. É verdade que a marca histórica veio para o UFC 193, mas com uma vantagem bem menor do que poderia se imaginar anteriormente, com 56.214 fãs, menos de mil a mais que o antigo recordista.

A marca do UFC 193 bateu por pouco o UFC 129: St. Pierre x Shields, realizado no Canadá em 2011. O evento canadense levou 55.724 à Rogers Arena em Toronto, na primeira incursão do octógono em um estádio, mas agora o card fica com o segundo lugar na lista de públicos históricos do Ultimate.

Além disso, o UFC 193 também teve uma renda de 9,53 milhões de dólares australianos, cerca de R$ 26,11 milhões pela cotação atual. A marca não só superou a expectativa inicial do Ultimate, que era de aproximadamente R$ 20 milhões, como estabeleceu o novo recorde de bilheteria do Etihad Stadium.

Hangout especial debate UFC 193

Ainda sem fôlego após a incrível zebra da luta principal do UFC 193? Em busca de resposta para o que aconteceu em Melbourne? Pois então anote na agenda: nesta segunda-feira (16), a partir das 20h (Horário de Brasília), o SUPER LUTAS realiza uma edição especial do HANGOUT SUPER LUTAS debatendo em todos os detalhes a histórica derrota de Ronda Rousey. Fique ligado e acompanhe em nosso canal no YouTUBE.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments