McGregor pode ficar seis meses afastado por lesão

Apesar de luta rápida no UFC 194, irlandês somente lutará antes de junho de 2016 se apresentar exames no pulso esquerdo

McGregor recebeu suspensão médica de seis meses. Foto: Divulgação

McGregor recebeu suspensão médica de seis meses. Foto: Divulgação

Apesar da vitória relâmpago conquistada no UFC 194, no último sábado (12), Conor McGregor poderá ficar afastado de atividade por seis meses de acordo com a lista de suspensões médicas do evento.

Veja Também

McGregor dispara em ranking do UFC após vitória relâmpago sobre Aldo
McGregor leva R$ 150 mil por segundo em vitória sobre Aldo
Vídeo: Hangout SUPER LUTAS analisa o UFC 194 e a derrota de José Aldo

O irlandês, que levou apenas 13 segundos para nocautear José Aldo e unificar os cinturões dos penas, deverá apresentar um exame de raio-x em seu pulso esquerdo ou receber liberação médica. Caso isso não aconteça, McGregor ficará vetado de lutar até o dia 12 de junho de 2016.

O UFC 194, aliás, contou com várias suspensões médicas de um semestre, com os atletas somente autorizados a lutarem novamente em caso de exames que descartem contusões. A lista inclui os dois lutadores da atração co-principal da noite, Luke Rockhold e Chris Weidman, que disputaram o título dos médios.

Novo campeão da categoria, Rockhold precisa apresentar uma radiografia em seu pé e tornozelo esquerdos. Weidman, por sua vez, terá de realizar exames de raio-x em seus dois pés.

Nomes como Ronaldo Jacaré, Urijah Faber, Tecia Torres, Colby Covington, Yancy Medeiros e John Makdessi também pegaram um semestre inteiro de suspensão médica, sendo liberados somente em caso de exames que descartem contusões mais sérias.

Derrotado na luta principal da noite, Aldo pegou um gancho mais curto: ele deverá ficar sem contato físico até o dia 27 de janeiro e sem lutar até 11 de fevereiro.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments