Dana comenta prisão de Jon Jones: ‘A coisa mais estúpida que alguém poderia fazer’

"Jones tentou por muito tempo ser o bom moço e isso o enlouqueceu", disse o dirigente

Dana (foto) falou sobre o futuro de N. Diaz. Foto: Josh Hedges/UFC

Dana (foto) disse que Jones seguirá como bad boy. Foto: Josh Hedges/UFC

Jon Jones se livrou da cadeia, mas recebeu uma dura advertência do juiz que prometeu duras consequências caso o lutador volte a violar sua liberdade condicional. O episódio pode até não ter afetado sua carreira no UFC, já que Jones seguirá enfrentando Daniel Cormier em abril. Porém, o mais recente escândalo envolvendo o lutador não passou ileso aos comentários do presidente Dana White, que não poupou o ex-campeão.

Veja Também

UFC se diz ‘desapontado’ por prisão de Jon Jones, mas garante luta contra Cormier
Jones acerta liberação da cadeia e recebe novas punições
Retorno de GSP contra Robbie Lawler no UFC 200 está sendo negociado

“Claro que não falei com ele ainda, mas deixe-me dizer uma coisa: quando eu sou parado pela polícia, eu sou a pessoa mais educada que você já viu na vida. Não há nenhuma vantagem em discutir com a polícia. Jon Jones fez a coisa mais estúpida que alguém poderia fazer, especialmente se você estiver na posição dele”, disse o dirigente, ao site “TMZ”.

Dana também apresentou sua versão sobre as razões que levaram Jones a agir de tal maneira. “Não acho que o Jon Jones será um dia aquilo que as pessoas esperam que ele seja. Ele será ele mesmo. Acho que o Jones tentou por muito tempo ser o bom moço e isso o enlouqueceu. Ele será ele mesmo daqui em diante”, concluiu.

Após perder seu título por se envolver em uma acidente no ano passado do qual fugiu sem prestar socorro à vítima, Jon Jones voltou a ter problemas de trânsito na última semana, quando foi preso após supostamente se envolver em um “racha” e violar sua liberdade condicional. O atleta da Jackson’s MMA desafiará Daniel Cormier pelo título dos meio-pesados no próximo dia 23 de abril, na luta principal do UFC 197.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments