Romero faz acordo com a USADA e deve ter suspensão por doping reduzida

Se tudo correr como esperado, cubano poderá voltar a lutar já no início do segundo semestre

Y. Romero (foto) vem de sete vitórias seguidas no octógono. Foto: Josh Hedges/UFC

Y. Romero (foto) vem de sete vitórias seguidas no octógono. Foto: Josh Hedges/UFC

Veja Também

Dana White diz que Ronda volta ao UFC ‘apenas em novembro ou dezembro’
Ovince St. Preux enfrenta Jon Jones pelo cinturão interino no UFC 197
Provocação: Jon Jones aparece com tornozeleira eletrônica em jogo do UFC

Flagrado em exame antidoping logo após a vitória sobre o brasileiro Ronaldo Jacaré em dezembro do ano passado, o cubano Yoel Romero pode escapar da punição de dois anos sugerida pela USADA, Agência Antidoping Norte-americana. Após anunciar que iria recorrer da decisão, pois teria consumido suplementação contaminada, Romero entrou em acordo com a entidade e deve ter sua suspensão reduzida.

A informação foi divulgada pelo jornalista canadense Ariel Helwani, do site “MMA Fignting”. Segundo a reportagem, “é esperado que a USADA divulgue oficialmente o acordo para diminuir a suspensão em um futuro próximo e, se tudo correr conforme planejado, Romero, de 38 anos, estará liberado para lutar novamente no fim do verão (no hemisfério norte, entre agosto e setembro)”.

Yoel Romero tem um cartel profissional no MMA de onze vitórias e apenas uma derrota. Devido ao episódio de doping (o qual, aliás, não teve a substância encontrada revelada publicamente), o cubano foi cortado do ranking oficial da categoria peso médio. Com sete vitórias em sete lutas no Ultimate, Romero é um dos favoritos ao posto de desafiante ao título dos pesos médios caso seu retorno seja mesmo confirmado.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments