McGregor se diz com ‘coração partido’ por morte de português

Campeão do UFC, que assistiu de perto o fatídico combate, espera que João Carvalho seja lembrado como ‘um campeão’

McGregor (foto) conheceu sua primeira derrota no octógono. Foto: Jeff Bottari/UFC

McGregor (foto) lamentou morte de lutador português. Foto: Jeff Bottari/UFC

Testemunha ocular do fatídico combate que resultou na morte do lutador português João Carvalho, o campeão dos penas do UFC, Conor McGregor, afirmou que está “com o coração partido” pelos acontecimentos do início da semana.

Veja Também

Colega de McGregor nocauteia e deixa oponente em estado grave
Lutador morre após sofrer nocaute para parceiro de McGregor
Após morte de atleta português, juiz se defende: ‘Parei a luta na hora certa’

No sábado (9), McGregor esteve presente no evento Total Extreme Fighting, em Dublin, na Irlanda. Na ocasião, o astro do Ultimate acompanhava seu companheiro de treinos Charlie Ward, que enfrentou Carvalho naquela noite. Ward venceu por nocaute técnico no terceiro round, e, cerca de 20 minutos após o combate, o português foi transportado ao hospital com dores de cabeça.

Carvalho ficou 48 horas internado em estado grave, inclusive tendo se submetido a uma cirurgia no cérebro. Porém, na noite de segunda-feira, ele não resistiu e acabou falecendo aos 28 anos de idade.

McGregor foi à sua conta no Facebook mostrar todo seu pesar e solidariedade aos próximos de Carvalho pelo ocorrido. “Ver um homem jovem, que fazia o que amava, competindo pela chance de uma vida melhor, mas ter sua vida tirada, é verdadeiramente de partir o coração. Somos apenas homens e mulheres fazendo algo que amamos, na esperança de ter uma vida melhor para nós mesmos e nossas famílias. Ninguém envolvido em esportes de combate quer ver isso. É um acontecimento raro que nem sei como absorver”, escreveu o campeão do UFC.

“Eu estava ao lado do ringue para apoiar meu parceiro de equipe, e a luta estava lá e cá. É por isso que não consigo entender. Minhas condolências vão à família e à equipe de João. O homem deles era um tremendo lutador e vai fazer falta para todos nós”, prosseguiu McGregor.

Confira o depoimento completo de McGregor:

Notícias terríveis a respeito de João Carvalho. Ver um homem jovem, que fazia o que ama, competindo pela chance de uma vida melhor, mas ter sua vida tirada, é verdadeiramente de partir o coração. Somos apenas homens e mulheres fazendo algo que amamos, na esperança de ter uma vida melhor para nós mesmos e nossas famílias. Ninguém envolvido em esportes de combate quer ver isso. É um acontecimento raro que nem sei como absorver. 

Eu estava ao lado do ringue para apoiar meu parceiro de equipe, e a luta estava lá e cá. É por isso que não consigo entender. Minhas condolências vão à família e à equipe de João. O homem deles era um tremendo lutador e vai fazer falta para todos nós.

Os esportes de luta são malucos. E, com esses recentes acontecimentos no boxe e no MMA, é uma época triste para ser lutador e fã de lutas. É fácil para aqueles que estão de fora criticarem nosso meio de vida, mas, para milhões de pessoas de todo o mundo que tiveram a vida melhor graças à luta, esse é um acontecimento difícil de engolir. Nós perdemos um de nós. Espero que João seja lembrado como um campeão, que buscou seu sonho fazendo aquilo que amava, e que mostremos o respeito e admiração eternos que ele merece. Descanse em paz, João.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments