Presidente do Bellator descarta retorno de Dada 5000

Scott Coker diz que não quer passar de novo pelo susto de ver lutador sofrer parada cardíaca em pleno cage

Dada 5000 passou por grandes apuros no Bellator 149. Foto: Divulgação

Dada 5000 passou por grandes apuros no Bellator 149. Foto: Divulgação

A trajetória de Dada 5000 no Bellator durou pouco. De acordo com o presidente da organização, Scott Coker, o lutador muito dificilmente voltará a atuar no evento após ter sofrido uma parada cardíaca em seu único combate no cage circular, em fevereiro.

Veja Também

Dada 5000 diz que chegou a morrer em luta no Bellator
‘Declarado morto’, Dada 5000 diz que sentiu o espírito deixar o corpo
Após sofrer infarto no Bellator, Dada 5000 comemora: ‘Voltei dos mortos’

No Bellator 149, Dada 5000 fez luta que foi amplamente criticada contra Kimbo Slice, já que ambos os lutadores mostraram pouca técnica e preparo físico. No terceiro round, Dada 5000 simplesmente caiu no tablado e perdeu por nocaute técnico.

O que parecia uma típica cena pastelão ganhou contornos de drama com a notícia de que Dada 5000 sofreu duas paradas cardíacas e uma falha renal naquela noite. Assim, mesmo que o lutador já esteja totalmente recuperado do susto, Coker afirmou que não deverá convocá-lo novamente.

“Por enquanto, vamos ser só amigos. Nós podemos ser todos amigos. Houve várias situações naquela luta e eu desejo tudo de bom para ele. Ele passou por maus bocados na luta com Kimbo, foi uma situação muito intensa. Não sei se estou pronto para lidar com isso de novo”, comentou, em entrevista ao site “MMA Junkie”.

Dada 5000, cujo nome verdadeiro é Dhafir Harris, tem 38 anos de idade e três lutas no MMA profissional, com duas vitórias e uma derrota.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments