Polícia da Florida prende suspeito de matar lutador atropelado

Dennis Wright, de 28 anos, tem várias passagens pela polícia por dirigir embriagado

Dennis Wright responderá pela morte do lutador Jordan Parsons

Wright responderá pela morte de Parsons

A polícia da cidade de Del Ray, na Florida, anunciou que prendeu Dennis Wright, suspeito de atropelar o lutador Jordan Parsons, morto. na última quinta-feira (05) em decorrência das lesões na colisão.

Veja Também

Lutador atropelado não resiste e morre nos EUA
Equipe de Parsons lamenta morte: “Ele era trabalhador e sorridente”
Família doará dinheiro arrecadado em prol de lutador morto

O motorista, de 28 anos, tem várias passagens pela polícia por dirigir sob efeito de álcool e responderá por múltiplas acusações, incluindo “deixar a cena de um acidente que causou morte”.

Dennis dirigia a Range Rover de sua mãe e atingiu o lutador em uma velocidade de 160 km/h e 193km/h, de acordo com uma testemunha

Após o acidente ele fugiu do local sem prestar socorro e alugou uma baia para esconder o veículo.

Através de denúncias, a polícia encontrou o carro e Wright se entregou neste sábado, junto ao seu advogado.

O motorista será acusado de obstruir a Justiça, reincidência em dirigir com habilitação suspensa, além da acusação de fugir da cena de um acidente que causou morte.

Histórico de problemas

A ficha criminal de Wright é bem extensa e com outros problemas com direção. O homem tem  prisões por embriaguez na direção, posse de maconha, agressão a um policial ou bombeiro.

Jordan Parsons

Jordan Parsons tinha 25 anos de idade e se preparava para lutar no Bellator da próxima semana, em San Jose, na Califórnia (EUA). No último domingo (1), o lutador foi atropelado enquanto cruzava uma faixa de pedestre, sendo que o motorista fugiu da cena sem prestar socorro. O atleta foi internado e teve uma perna parcialmente amputada, mas seus órgãos começaram a apresentar falhas.

O “Garoto Bonito”, como era conhecido, tinha um cartel de 11 vitórias e duas derrotas no MMA profissional. Parsons treinava na academia Blackzilians e era companheiro de treinos de vários nomes consagrados, como os lutadores do UFC Rashad Evans, Anthony Johnson, Michael Johnson, entre outros.

 

 

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments