Ex-técnico de Brown nega ataque pelas costas e promete pagar prejuízo a hotel

Rodrigo Botti disse que norte-americano o viu antes da confusão e que fugiu quebrando a porta por estar em minoria

Botti postou foto após o incidente nas redes sociais. Foto: Reprodução

Botti postou foto após o incidente nas redes sociais. Foto: Reprodução

Veja Também

Ex-treinador de Matt Brown invade hotel e agride lutador em Curitiba
Vídeo: rival de Demian se estranha com torcedor antes da luta
Vídeo: Assista à finalização de Demian Maia no UFC 198

Uma grande confusão, envolvendo o mais polêmico participante do card de número 198, marcou as últimas horas do UFC em Curitiba (PR). O norte-americano Matt Brown foi atacado por seu ex-treinador, o brasileiro Rodrigo Botti, que invadiu o hotel onde o atleta se encontrava para confrontá-lo. Em entrevista, Botti apresentou sua versão para o ocorrido e negou que tenha atacado Brown pelas costas. Além disso, o especialista em jiu-jitsu disse que vai cobrir as despesas do hotel, já que, ao deixar o local, ele quebrou uma porta do estabelecimento.

“O motivo foi a covardia que ele fez há 15 meses, quando eu estava sentado na cadeira, recém-operado, e ele me agrediu. Onde a gente se vê, esse vai ser sempre o motivo. Tenho advogado, não quero falar demais. Ele me viu antes e, se isso aconteceu, não pode ter sido pelas costas. Eu estava sentado no sofá, conversando com o Rica, que é empresário de lutador, encontrei o (Josuel) Distak, estava tudo na boa. Essa história de que dei soco por trás não é verdade. Infelizmente, ninguém vai conseguir ver o vídeo do hotel, porque a polícia ordenou que eles não dessem o vídeo para ninguém. O que posso dizer é que ele olhou para mim, ele me viu. Eu estava sozinho, ele estava na mesa com três ou quatro pessoas. Ele me viu chegando e até falou alguma coisa antes (da confusão). Saí na pressa do hotel, nervoso, porque os caras estavam em time, eu não. Após a confusão com o Brown dentro do hotel, o time veio querer defendê-lo. Acho que o cara (Brown) tomou prejuízo, e eles queriam defendê-lo ou se vingar. Quebrei a porta e vou pagar. O que eu quebrei, eu pago. Sou homem. Eles vão pedir o orçamento e irei acertar. Foi tudo tranquilo, os policiais foram muito corretos e trataram tudo da melhor maneira possível. Estou esperando a conta da porta, mas vou dormir feliz”, disse Botti, ao site do canal “Combate”.

Rodrigo Botti x Matt Brown

As polêmicas entre Rodrigo Botti e Matt Brown são antigas. O brasileiro teria agredido o lutador do UFC dentro hotel em Curitiba como forma de revide. Em 2015, o norte-americano ter invadido sua academia e também o agredido quando ele se recuperava de uma cirurgia no olho.

Botti chegou a prestar queixa na justiça dos EUA, mas o caso foi encerrado por falta de provas.

Assista ao vídeo da confusão entre Rodrigo Botti e Matt Brown após o UFC 198

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments