Antes do adeus ao MMA, Tito Ortiz quer ‘choque de lendas’ contra Royce Gracie

Norte-americano disse que tem mais uma luta em seu contrato e sonha em fazê-la em um duelo de membros do "Hall da Fama" do UFC

Ortiz (foto) ainda tem mais uma luta em seu contrato. Foto: Divulgação/Bellator

Ortiz (foto) quer se aposentar em breve. Foto: Divulgação/Bellator

Durante a primeira década do MMA como esporte, quando sequer o nome da modalidade havia se firmado, duas estrelas monopolizaram as atenções no octógono: Royce Gracie, campeão das primeiras edições do UFC, e Tito Ortiz, astro e campeão do período inicial com regras unificadas. Garantindo que sua próxima luta no contrato com o Bellator será a última de sua carreira, Ortiz espera que possa enfrentar Royce antes de pendurar as luvas.

Veja Também

Rafael Carvalho vence Melvin Manhoef e defende cinturão do Bellator
Vídeo: Rousimar Toquinho é surpreendido por ‘desconhecido’ e perde em 46 segundos na Itália
Brock Lesnar aparece na lista de lutadores contratados pelo UFC
Thiago Pitbull estreia nos leves contra Al Iaquinta, em agosto

“Eu só tenho mais uma luta no meu contrato, e ela marcará a minha despedida como lutador. Eu costumava dizer que estaria aposentado e fora do ramo de lutas aos 40 anos, 19 anos de carreira é o suficiente para mim. E tem que ser assim, vamos fazer uma grande luta. Quero enfrentar um dos maiores nomes da história do MMA. Royce Gracie está por aqui, está ativo. Ele acabou de nocautear Ken Shamrock de forma rápida. Acho que será uma luta divertida. Fui finalizado por Liam McGeary, que é um faixa-preta de jiu-jitsu e o Royce é faixa-preta também. Será que ele consegue me finalizar? Essa é a pergunta. Somos dois pioneiros do esporte, duas lendas. Acho que nossos nomes venderão bem essa luta. Por que não darmos aos fãs algo realmente empolgante?”, disse Ortiz, ao site norte-americano MMA Fighting.

Ex-campeão dos meio-pesados do UFC, Tito Ortiz tem 41 anos um cartel profissional de 18 vitórias, 12 derrotas e um empate. Após vencer suas duas primeiras lutas no Bellator, diante de Alexander Shlemenko e Stephen Bonnar, o “Bad Boy de Huntington Beach” foi derrotado por Liam McGeary na disputa do cinturão dos meio-pesados em sua mais recente aparição no cage circular. Já Royce Gracie, de 49 anos, possui um retrospecto de 15 vitórias, duas derrotas e três empates no MMA. O campeão de três das quatro primeiras edições do UFC fez sua estreia no Bellator em fevereiro e, de quebra, conquistou sua primeira vitória por nocaute na carreira, fechando com um triunfo a trilogia diante de Ken Shamrock.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments