Algoz elogia queixo de Barão: ‘Achei que o nocautearia’

Jeremy Stephens disse que se surpreendeu com a resistência do brasileiro no UFC FN Vegas

Stephens (esq.) bateu Barão (dir.) por nocaute. Foto: Brandon Magnus/UFC

Stephens (esq.) bateu Barão (dir.) por nocaute. Foto: Brandon Magnus/UFC

Renan Barão saiu derrotado de sua estreia como peso pena diante de Jeremy Stephens, mas arrancou elogios do norte-americano. Antes da luta, Stephens apostava em um Barão “quebrado mentalmente”, mas após o confronto ele não só elogiou a resiliência do brasileiro como sua preparação física para o combate.

Veja Também

Thomas Almeida sofre nocaute brutal e brasileiros não vencem no UFC Vegas
Após bater Thominhas, Garbrandt pede luta no UFC 203
Vídeo: Assista a derrota de Thomas Almeida no UFC Fight Night Vegas

“Eu retiro o que disse antes. Barão levou muitos golpes duros hoje. Mas acho que o quebrei mentalmente lá dentro hoje, porque o fiz desistir. O meu plano era colocar pressão, buscar o nocaute, mas ele não apenas teve o preparo físico necessário, como me acertou com bons golpes, e eu continuei indo para frente. Achei que o nocautearia, pra ser sincero. Ele é duro, é um grande campeão, tem um ótimo queixo e sei que voltará mais forte e fará muitos estragos no futuro”, disse Stephens, na coletiva de imprensa após o evento.

Para exemplificar seu ponto de vista, Jeremy citou a forma como Barão se recuperou e resistiu, mesmo após sofrer dois nocautes nas disputas do título dos galos. “TJ Dillashaw, outro grande ex-campeão, dominou Barão. Ele conseguiu ir para cima, mas sem ser atacado por ele. TJ utilizou muita técnica e o quebrou. Barão teve dois camps de treinamento completos e, ainda assim, TJ conseguiu nocauteá-lo duas vezes. Eu bato muito mais forte, mas não consegui nocauteá-lo. Isso só mostra o verdadeiro campeão que o Barão é”, concluiu.

Com o triunfo sobre Renan Barão, Jeremy Stephens agora tem um cartel profissional de 25 vitórias e 12 derrotas. O norte-americano também melhorou seu retrospecto recente para duas vitórias nas últimas três lutas. Já Barão, que soma duas derrotas e uma vitórias em suas recentes apresentações, tem um cartel de 33 vitórias, quatro derrotas e uma luta sem resultado.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments