UFC obtém lucro multimilionário em 2015 e bate recorde

No ano passado, empresa proporcionou lucro de US$ 157 milhões, mais do que o dobro obtido durante todo o ano de 2014

White e os irmãos Fertitta são os chefões do UFC

White e os irmãos Fertitta são os chefões do UFC

Veja Também

Investidores chineses querem comprar o UFC por R$ 15 bilhões
Ortiz diz que UFC seria um ‘completo fracasso’ sem White
Saída de McGregor do UFC 200 representa perda de R$ 160 milhões para o evento

O UFC enfrentou alguns tropeços durante o ano passado, com o cancelamento de lutas importantes e a polêmica envolvendo a introdução do novo acordo de patrocínio com a Reebok. Mesmo assim, a empresa teve resultados satisfatórios em seu balanço financeiro de 2015, inclusive batendo seus próprios recordes.

De acordo com o site “Wrestling Observer”, a empresa obteve de lucro US$ 157 milhões, equivalente a R$ 554 milhões de acordo com a cotação atual. Isso rende uma margem de 25% e é mais que o dobro do obtido em 2014, quando o lucro foi de US$ 73 milhões.

Há alguns meses, o UFC se viu envolvido em rumores a respeito da venda da organização. Atualmente, a empresa é da Zuffa, dos irmãos Lorenzo e Frank Fertitta, Dana White e de um grupo do oriente médio.

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments