‘Lesnar estará dopado até os pulmões, mas será nocauteado’, diz Hunt

Neozelandês critica decisão do UFC em liberar gigante norte-americano de sistema antidoping padrão antes do UFC 200

Hunt (foto) pega Lesnar no UFC 200. Foto: Josh Hedges/UFC

Hunt (foto) pega Lesnar no UFC 200. Foto: Josh Hedges/UFC

Mesmo com os crescentes esforços do UFC para aumentar a fiscalização antidoping, Mark Hunt acredita que Brock Lesnar, seu adversário no UFC 200, estará “dopado até os pulmões” no combate entre eles, no dia 9 de julho.

Veja Também

Hunt avisa Lesnar: ‘Vou arrancar sua cabeça fora’
Hunt abre como favorito nas apostas contra Lesnar
Mir diz que Lesnar ‘tem medo de apanhar’ e aposta em Mark Hunt
Por volta no UFC 200, Lesnar estará liberado de regra antidoping
Frank Mir é pego em teste antidoping do UFC

De acordo com as normas atuais da parceria do Ultimate com a Agência Antidoping dos Estados Unidos (USADA), todos os lutadores precisam passar por um período de quatro meses realizando testes aleatórios até receberem a permissão para lutar. Como Lesnar foi confirmado no UFC 200 somente no último fim de semana, ele estará liberado da regra.

Isso não deixou Hunt nada feliz, embora o neozelandês acredite que isso pouco afetará o resultado. “Acho que ele está dopado até os pulmões, e ainda assim acho que o nocautearei”, disse, em entrevista ao site da emissora “FOX Sports” na Austrália.

De acordo com o veterano, a liberação de Lesnar da regra passa a mensagem errada ao público. “Não acho que seja justo. Acho que é uma grande besteira. Não acho que ninguém deveria ser liberado dos testes. Se você quer deixar o esporte limpo, é uma maneira ruim de fazer isso. Não importa quem você seja, é ridículo. Já expressei minha opinião a Dana [White, presidente do UFC] sobre isso. Adoro competir, mas não acho que é justo. Mas isso não significa que você não vai ser nocauteado. Frank Mir estava dopado e foi nocauteado, e a mesma coisa vai acontecer com Brock Lesnar”, garantiu.

Lesnar e Hunt farão a segunda luta mais importante do UFC 200. Na principal atração, Jon Jones encara Daniel Cormier pelo cinturão dos meio-pesados.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments