Dana White exalta resistência de Fedor e se mostra aberto a contratá-lo

Presidente do UFC diz que russo estava nocauteado no primeiro round contra Maldonado: ‘Iriam deixá-lo morrer entes de interromper’

F. Emelianenko (foto) permaneceu invicto como profissional por uma década. Foto: Divulgação

F. Emelianenko (foto) permaneceu invicto como profissional por uma década. Foto: Divulgação

Na última semana, Fedor Emelianenko, considerado um dos maiores lutadores de toda a história do MMA, apresentou grande dificuldade para derrotar Fabio Maldonado, atleta da categoria de baixo e que foi recentemente demitido do UFC por falta de resultados. Para muitos, o desenrolar da luta mostrou que Fedor dificilmente estaria em condições de fazer frente aos principais pesos pesados do Ultimate, mas o presidente da organização, Dana White, ainda se mostrou aberto a contratá-lo.

Veja Também

Fedor Emelianenko sobrevive a enorme castigo e vence Maldonado na Rússia
‘Chance de lutar no UFC é muito alta’, diz Fedor
Fedor diz que está mais perto que nunca de assinar com o UFC

Na luta principal do evento Fight Nights 50, em São Petersburgo, na Rússia, Emelianenko travou batalha duríssima com Maldonado. No primeiro round, o brasileiro chegou muito perto de obter o nocaute, sendo que, nos dois rounds seguintes, as ações contaram com bons momentos de ambas as partes. Na decisão dos juízes, Fedor ficou com a vitória, o que gerou diversos protestos.

A luta de Fedor foi transmitida ao vivo para os Estados Unidos pela plataforma online UFC Fight Pass. Diante de seus resultados de audiência, White exaltou a popularidade do russo. “Vamos ver. Nós estamos negociando [com ele] por muitos, muitos, muitos anos. Mas vou te dizer: a luta dele no Fight Pass repercutiu muito. As pessoas ainda querem ver o Fedor”, disse, em conversa com o podcast “UFC Unfiltered”.

Contudo, mesmo sem confirmar ou negar as chances de contratá-lo, White destacou a grande resistência apresentada pelo russo. “Eles [os juízes] iriam deixá-lo morrer antes de parar aquela luta. Mas foi uma prova do quão duro e forte mentalmente Fedor é. Ele estava nocauteado, estava nocauteado. Quando ele se levantou, estava com as pernas bambas, mas mesmo assim ele continuou recebendo bombas de Maldonado e resistiu até o fim. Fedor tem queixo e é um cara duro”, elogiou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments