Lutadora reclama de problema com sutiã após derrota no UFC

Valérie Létourneau diz que seio estava escapando de uniforme instantes antes de perder para Joanne Calderwood em Ottawa

Létourneau (foto) perdeu para Calderwood em Ottawa. Foto: Divulgação/UFC

Létourneau (foto) perdeu para Calderwood em Ottawa. Foto: Divulgação/UFC

No último sábado (18), durante o UFC Ottawa, no Canadá, a lutadora Valérie Létourneau parecia incomodada com os golpes que sofria de Joanne Calderwood na região do peito. Em um dos chutes que levou na região, a canadense virou de costas, se encolheu e acabou nocauteada. Mas ela própria fez questão de esclarecer que o problema não foi exatamente o chute da adversária.

Veja Também

Belfort volta a reclamar da parceria entre UFC e Reebok: ‘Praticamente escravidão’
Reebok faz ajustes e deve lançar calções coloridos no UFC 200
Brock Lesnar usará uniforme do Canadá no UFC 200

Létourneau revelou que, naquele momento, estava sendo atrapalhada por um problema que passava com seu sutiã, sendo que os chutes de Calderwood, segundo ela, não incomodavam. “Pratico artes marciais há 17 anos e não tenho problemas em levar golpes no peito. É a regra, e não é pior do que um chute baixo. Meu único problema durante a luta foi que meu sutiã literalmente escorregava para debaixo dos meus seios. É por isso que eu encarei o árbitro, envergonhada, e não tenho ideia do que JoJo me disse. Mas continuei lutando. Muita gente tirou sarro e disse que eu não conseguia levar golpes no peito, mas não tenho nada a provar quanto aos golpes que aguento tomar sem reclamar”, esclareceu a lutadora, em texto publicado em sua conta no Facebook.

Para fazer com que seus seguidores homens entendessem seu problema, a canadense fez uma analogia direta. “Rapazes, vocês conseguiriam continuar lutando sem distrações se os seus testículos ficassem escapando do short? Enfim, isso não é desculpa para a minha derrota, mas queria esclarecer essa parte da luta”, completou.

Létourneau, antiga desafiante pelo cinturão peso palha, sofreu sua segunda derrota seguida no UFC. A escocesa Calderwood levou a melhor no combate com um nocaute técnico no terceiro round.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments