Clima esquenta entre Amanda Nunes e Miesha Tate na pesagem do UFC 200

Hunt provoca Lesnar, Anderson e Cormier se respeitam e Aldo promete dominar Edgar

M. Tate e A. Nunes. na pesagem do UFC 200 Foto: Reprodução

M. Tate e A. Nunes. na pesagem do UFC 200 Foto: Reprodução

O clima esquentou na pesagem do UFC 200, realizada nesta sexta-feira (08), em Las Vegas (EUA),Com a T-Mobile Arena lotada de fãs, a campeã Miesha Tate e a brasileira Amanda Nunes quase iniciaram a disputa de cinturão com um dia de antecedência. Foi preciso, inclusive, de Dana White, presidente da franquia separar as atletas.

Veja Também

TUF 23 Finale: Joanna Jedrzejczyk x Claudia Gadelha – Resultados
Demetrious Johnson sofre lesão e adia defesa de cinturão contra Wilson Reis
Após derrota, Dos Anjos parabeniza Alvarez: ‘Não tenho desculpas’

Logo após o clima tenso na encarada, as Amanda e Miesha mostraram tranquilidade na entrevista ainda no palco.

Tate se mostrou animada com a virada da sua carreira, já que há um ano atrás ela pensava em aposentadoria e hoje ela é campeã e está protagonizando o maior evento da história da organização. “Estou tão animada. Amanhã eu vou arrancar o coração do peito dela. Eu vou continuar sendo a campeã dos galos. Foi uma louca mudança na minha vida. Obrigado por estarem aqui comigo”, disse.

Amanda também comentou sobre a oportunidade de disputar o cinturão pela primeira vez na sua carreira. Confiante, a brasileira avisou que está 100% pronta e que será a nova campeã. “Estou muito feliz por ter esse momento na minha carreira. Estou 100% para mostrar que eu vou levar esse cinturão amanhã. Estejam prontos!”, disparou.

‘O maior de todos os tempos’, diz Cormier sobre Anderson

Após Jon Jones ser pego em um exame antidoping na última quarta-feira (6), o campeão dos meio-pesados Daniel Cormier ganhou um novo adversário de peso: Anderson Silva. Embora a luta não seja mais pelo cinturão, Cormier mostrou bastante respeito pelo ex-campeão dos médios e falou sobre sua semana conturbada. “Essa semana vem sendo uma montanha russa, mas o UFC passou por cima e agora eu vou enfrentar o melhor lutador de todos os tempos. Eu estou honrado e agradeço ao Anderson por ter aceitado, mas ele vai apanhar”, afirmou.

Após aceitar o desafio em apenas 48 horas de antecedência e com quase nenhum treino de preparação, o ‘Spider’ afirmou que aceitou o combate para se testar, já que passou por muitos momentos dentro do Ultimate e quer aproveitar cada um deles daqui para frente. “Eu acredito que é uma espécie de desafio pessoal. Eu já passei por vários momentos aqui dentro do UFC e esse é o momento da minha vida que eu preciso aproveitá-los da melhor maneira possível. E não desrespeitando o campeão, e não achando que aceitando a luta de última hora eu possa vencê-lo, mas eu estou aqui para me desafiar”, revelou.

Lesnar retorna ao UFC vom aplausos e vaias

Na luta co-principal da noite, Brock Lesnar faz seu tão aguardado retorno ao MMA após quase cinco anos de sua aposentadoria. Segundo o ex-campeão dos pesados,que teve uma recepção com aplausos e vaias, ele está bem animado com seu retorno e teve um ótimo camp de treinamento. “Estou animado. Estou animado por estar aqui, tive um ótimo camp de treinamento. Palavras não podem descrever. É bem legal”, revelou.

Seu adversário, Mark Hunt, revelou que a primeira coisa que pensou quando soube que iria enfrentar Brock Lesnar foi se ele não estava aposentado. Além disso, o ‘super samoano’ fez uma promessa à Brock: “Eu pensei que ele estava aposentado (risos). Eu realmente pensei que ele estava aposentado. Eu vou afundar a cara dele”, prometeu.

Aldo promete retomar o cinturão contra Edgar

Na luta que marca seu retorno ao octógono após perder o cinturão dos penas, o brasileiro José Aldo quer uma revanche contra o seu algoz Conor McGregor, mas terá que vencer Frankie Edgar pela disputa do cinturão interino da categoria. Aldo afirmou estar bastante focado e prometeu dominar Edgar. “Eu vou chegar lá dentro e vou vencê-lo. Vou dominá-lo aonde quer que a luta esteja”, disparou.

Depois de fazer campanha para receber uma oportunidade de disputar o cinturão dos penas, Frankie Edgar conseguiu sua oportunidade. O norte-americano se mostrou animado e prometeu levar o cinturão interino para casa. “Frankie Edgar: “Estou animado. No UFC 200, não poderia ser num card maior. Estou pronto. O cinturão vai para casa comigo”, disse.

Além de Amanda Nunes, Anderson Silva e José Aldo, o card também contará com os brasileiros Raphael Assunção e Thiago ‘Marreta’, que bateram os pesos de suas categorias e enfrentarão T.J. Dillashaw e Gegard Mousasi, respectivamente.

Confira os resultados da pesagem do UFC 200:

CARD PRINCIPAL

Galos: Miesha Tate (61 kg) vs. Amanda Nunes (61,2 kg)
Pesados: Mark Hunt (119,9 kg) vs. Brock Lesnar (120,4 kg)
Meio-pesados: Anderson Silva (90 kg) vs. Daniel Cormier (93,4 kg)
Penas: Frankie Edgar (65,5 kg) vs. José Aldo (65,7 kg)
Pesados: Cain Velasquez (109,9 kg) vs. Travis Browne (110,6 kg)

CARD PRELIMINAR

Galos: Julianna Pena (61,4 kg) vs. Cat Zingano (61,4 kg)
Meio-médios: Kelvin Gastelum (77,5 kg) vs. Johny Hendricks (77,6 kg*)
Galos: Raphael Assunção (61,4 kg) vs. T.J. Dillashaw (61,6 kg)
Leves: Sage Northcutt (70,7 kg) vs. Enrique Marin (70,7 kg)
Leves: Joe Lauzon (70,7 kg) vs. Diego Sanchez (70,3 kg)
Médios: Gegard Mousasi (84,1 kg) vs. Thiago ‘Marreta’ (84,3 kg)
Leves: Takanori Gomi (70,7 kg) vs. Jim Miller (70,5 kg)

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments