Lesnar permanece sujeito a exames antidoping de parceira do UFC

Apesar de não ter definido se seguirá competindo, gigante seguirá na lista da USADA para testes de substâncias proibidas

Lesnar retornou com vitória ao UFC. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC

Lesnar retornou com vitória ao UFC. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC

Mesmo sem definir seu futuro no MMA, Brock Lesnar continuará sendo submetido a exames antidoping fora do período de competição. Quem garantiu foi a própria Agência Antidopagem dos Estados Unidos, a USADA, parceira oficial do UFC.

Veja Também

Lesnar recebe a maior bolsa da história do UFC
Vídeo: Assista aos melhores momentos de Brock Lesnar x Mark Hunt
Lesnar sofre para encontrar luva do UFC que sirva em suas mãos

Depois de quatro anos afastado, Lesnar retornou às lutas no último sábado (9), no UFC 200, evento no qual derrotou Mark Hunt na decisão dos juízes. O gigante norte-americano ainda não definiu se seguirá competindo ou se voltará à aposentadoria.

Justamente por não ter tomado uma decisão formal, o porta-voz da USADA, Ryan Madden, declarou que Lesnar não será poupado dos exames de rotina realizados pela entidade. “Por meu conhecimento, Brock Lesnar não notificou a USADA de sua aposentadoria do UFC. Portanto, ele permanece sujeito aos testes da USADA e à política antidoping do UFC”, informou o representante em comunicado enviado ao site norte-americano “MMA Fighting”.

Desde julho de 2015, quando a parceria entre UFC e USADA entrou em vigor, todos os atletas sob contrato da maior organização de MMA do planeta estão sujeitos a exames antidoping aleatórios. Isso acontece independentemente se o lutador em questão possui luta marcada.

Aos 39 anos de idade, Lesnar foi campeão dos pesados do UFC entre 2008 e 2010. Seu retorno ao octógono foi marcado por uma polêmica: por ter sido anunciado no UFC 200 a poucas semanas de sua realização, Lesnar não se submeteu aos quatro meses obrigatórios de exames que um atleta precisa para ser liberado para lutar.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments