Wilson Reis expressa frustração por perder chance de título

Brasileiro enfrentaria Demetrious Johnson no próximo sábado (30), mas perdeu oportunidade após lesão do campeão

Reis lutaria pelo título no UFC 201, mas agora encara estreante. Foto: Divulgação/UFC

Reis lutaria pelo título no UFC 201, mas agora encara estreante. Foto: Divulgação/UFC

Wilson Reis era para estar prestes a fazer a luta mais importante de sua carreira, contra Demetrious Johnson, pelo cinturão dos moscas do UFC. O duelo aconteceria neste sábado (30), na segunda maior atração do UFC 201, em Atlanta, nos Estados Unidos. Contudo, uma lesão do campeão mudou tudo, e o brasileiro não escondeu sua decepção com os acontecimentos.

Veja Também

Demetrious Johnson sofre lesão e adia defesa de cinturão contra Wilson Reis
UFC muda de ideia e remove brasileiro de luta pelo título
Sem luta pelo título, Reis encara estreante no UFC 201
Wilson Reis tem nova mudança de adversário para o UFC 201

Johnson foi cortado do UFC 201 e só retornará à ativa no fim do ano, quando fará defesa de título contra o vencedor do reality show The Ultimate Fighter 24. Assim, Wilson perdeu a chance de lutar pelo cinturão, o que também acabou o jogando para o card preliminar do UFC 201 – agora, ele enfrentará Hector Sandoval, que fará sua estreia no evento.

“Ir de uma luta com Demetrious Johnson, um dos melhores peso por peso do mundo, para uma luta normal foi um pouco triste. Fiquei criando expectativas por dois meses, evoluindo. E não é que a luta foi adiada: ela foi cancelada. Certamente é muito frustrante”, lamentou o brasileiro, em entrevista ao site “MMA Junkie”.

Contudo, ele reconhece que havia pouco a se fazer. “Não tive muitas opções. Tentamos arrumar uma outra data, mas como o vencedor do TUF 24 vai receber a chance de lutar pelo título, essa possibilidade foi descartada. E, como eu não queria parar meu treino, escolhi ter uma outra luta”, explicou.

Com a saída de Demetrious Johnson do card, o UFC 201 terá apenas uma luta pelo título: Robbie Lawler x Tyron Woodley pelo cinturão dos meio-médios.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments