Treinador confirma que Diaz ingeriu substância desconhecida antes de luta com GSP

Richard Perez diz que funcionário do lutador canadense aplicou soro no norte-americano antes do duelo de 2013

Diaz (foto) perdeu para St. Pierre em 2013. Foto: Josh Hedges/UFC

Diaz (foto) perdeu para St. Pierre em 2013. Foto: Josh Hedges/UFC

Veja Também

‘Me drogaram antes da luta com GSP’, acusa Diaz
St. Pierre responde a desafio de novo campeão e se diz interessado na luta
UFC planeja casar Woodley x St. Pierre em Nova York

Na última semana, Nick Diaz fez uma acusação intrigante quando disse que havia sido drogado antes da luta que fez contra Georges St. Pierre, em 2013. O treinador de boxe do norte-americano, Richard Perez, confirmou que houve uma situação suspeita, o que fez com que o atleta se apresentasse de forma diferente no combate.

Segundo Perez, o seu lutador não conseguiu mostrar a agressividade habitual, coincidentemente ou não, depois de ingerir uma substância desconhecida apresentada por um funcionário do canadense.

“Sim, sim, eu me lembro disso. Eu estava lá, e foi um enfermeiro de Georges St. Pierre que chegou e queria dar a Nick essa substância. Disse a Nick para não aceitar, mas ele acabou tomando. Não sei o que era. Não digo que era uma droga ou algo do tipo, mas sei que ele aparentou estar diferente na luta. Foi através de um soro intravenoso. Eu disse que não queria, mas esse homem insistia e dizia que não ia doer. Foi estranho”, contou Perez, em entrevista ao podcast “Submission Radio.

Diaz acabou dominado por St. Pierre e perdeu na decisão unânime dos juízes no evento realizado no Canadá. Depois daquilo, o norte-americano ficou um longo tempo afastado e voltou em janeiro de 2015, contra Anderson Silva. Na ocasião, Diaz foi flagrado em um exame antidoping com maconha e esteve suspenso até o início de agosto de 2016.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments