‘É constrangedor ver Bisping como campeão’, diz Weidman

Antigo detentor do cinturão dos médios diz que inglês fez por merecer, mas que não o imagina vencendo outro top 5

C. Weidman (foto) é ex-campeão do UFC. Foto: Josh Hedges/UFC

C. Weidman (foto) é ex-campeão do UFC. Foto: Josh Hedges/UFC

A conquista do cinturão dos médios do UFC por parte de Michael Bisping foi um dos acontecimentos mais surpreendentes do ano até o momento. O ex-campeão da categoria, Chris Weidman, ainda não digeriu o fato de que o inglês está no topo da divisão até 84 kg, o que considera “surreal” e “constrangedor” para os demais atletas do peso.

Veja Também

Henderson garante aposentadoria após luta com Bisping
Bisping revela que luta com Henderson será em outubro
Jacaré usa Pokémon Go para provocar Bisping: ‘Está fugindo’

Originalmente, Weidman seria o primeiro desafiante de Luke Rockhold pelo título, em revanche do duelo que aconteceu em dezembro do ano passado. Porém, ele se machucou e acabou substituído em cima da hora por Bisping, que, no fim das contas, nocauteou Rockhold e conquistou o cinturão.

Weidman reconhece que Bisping fez por merecer o título, mas não o imagina na posição de campeão por muito tempo. “Existe uma chance de ele bater Dan Henderson [sua primeira defesa de cinturão, em outubro], mas não acho que haja muita chance de ele vencer qualquer outro do top 5. É surreal quando as pessoas me perguntam quem é o campeão na minha categoria e tenho que dizer que é Michael Bisping. É meio constrangedor, mas é assim que as coisas são. Méritos para ele, que nocauteou Luke Rockhold no primeiro round. Mas não acho que ele seja o melhor campeão que eu já vi. Ele teve seus méritos, mas, antes disso, ele estava no UFC por um tempão e nunca lutou pelo cinturão. Então, vê-lo lutar pelo cinturão e se tornar campeão é definitivamente algo estranho de digerir”, comentou, em entrevista ao podcast “The MMA Hour”.

Bisping fará sua primeira defesa de título em outubro, contra seu antigo algoz Dan Henderson. O combate será a atração principal do UFC 204, em Manchester, na Inglaterra.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments