Treinador revela que McGregor sofreu infecção antes de luta com Diaz

John Kavanagh, no entanto, afirma que isso não afetou a performance do atleta: ‘Todos têm problemas nos treinos’

McGregor (foto) conheceu sua primeira derrota no octógono. Foto: Jeff Bottari/UFC

McGregor (foto) conheceu sua primeira derrota no octógono. Foto: Jeff Bottari/UFC

Veja Também

McGregor ainda se diz abalado com morte de lutador português
Treinador de McGregor projeta nocaute sobre Diaz no quarto round
McGregor provoca Diaz em programa de TV: ‘Ganhou na loteria’
McGregor se encontra com Cristiano Ronaldo e garante: ‘Quero vingança’

Conor McGregor passou por um contratempo antes de sua primeira luta contra Nate Diaz, em março, no UFC 196. O lutador irlandês, campeão dos penas do Ultimate, sofreu com uma infecção nas vésperas do duelo. Foi o que revelou seu treinador principal, John Kavanagh.

No entanto, o líder da academia SBG Ireland não acredita que isso tenha atrapalhado a performance de seu lutador no duelo. “Ele estava [com infecção]. Mas eu não considero que isso tenha tido qualquer efeito na derrota. Não conheço um único lutador que vá a uma luta e diga que os três meses anteriores foram perfeitos. Sempre há problemas com a namorada, com a família, com o trabalho, com o treinamento… Sempre haverá problemas. Então, tentamos não falar sobre isso depois de uma luta porque seu oponente também não teve o treinamento perfeito”, comentou, em entrevista ao podcast “The Anik and Florian”, apresentado pelo narrador do UFC Jon Anik e o ex-lutador Kenny Florian.

Na ocasião, McGregor fez primeiro round competitivo, mas sentiu o cansaço e os golpes de Diaz no segundo assalto e acabou finalizado. Os dois farão a revanche em poucas semanas, no dia 20 de agosto, na atração principal do UFC 202, em Las Vegas (EUA).

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments