Overeem questiona McGregor sobre salários milionários

Holandês diz não acreditar em valores ditos pelo irlandês; Conor teria recebido R$ 9,75 milhões em sua última luta

Overeem (foto) questionou as cifras recebidas pelo irlandês. Foto: Josh Hedges/UFC

Overeem (foto) questionou as cifras recebidas pelo irlandês. Foto: Josh Hedges/UFC

O peso pesado Alistair Overeem anda desconfiado de algumas declarações sobre salários astronômicos recebidos nos esportes de luta. Em um bate papo com jornalistas na cidade de Los Angeles (EUA), Overeem revelou que não acredita nos lutadores Conor McGregor e Floyd Mayweather, multicampeão no boxe, quando falam sobre as cifras recebidos por eles. Segundo o holandês, só irão conseguir provar o que dizem se mostrarem os extratos bancários.

“Minha resposta a tudo isso, ao Mayweather e ao Conor, é para eles deixarem eu ver o extrato da conta bancária. Você pode dizer, você pode falar por aí, pode tuitar, mas deixa eu ver os extratos bancários que dizem que o UFC te repassou uma quantidade X de dinheiro. Vai sempre ser assim. As pessoas mentem. Isso é o século 21. As mídias sociais são uma mentira”, disparou Alistair.

Veja Também

Algoz de brasileiro recebe R$ 66,5 mil por segundo com vitória no UFC 202
McGregor recebe o maior salário da história do UFC
Overeem enaltece foco para conquista do cinturão: ‘Lobo faminto’

Conforme foi divulgado pela Comissão Atlética de Nevada, McGregor recebeu 3 milhões de dólares (R$ 9,75 milhões) por sua última luta no UFC 202, quando venceu Nate Diaz por pontos. Esse foi o salário mais alto já recebido por um atleta de MMA. Floyd, que se aposentou invicto após 49 lutas profissionais no boxe, também é conhecido por ostentar as quantias milionárias que lucrava em suas lutas. No meio de 2015, uma pesquisa divulgada pela revista americana “Forbes” revelou que o boxeador ganhou quase R$ 1 bilhão no período de 1 de junho de 2014 a 1 de junho de 2015, superando, por exemplo, craques do futebol como Lionel Messi e Cristiano Ronaldo.

Apesar de reconhecer que o estilo polêmico de McGregor e Mayweather rendem cheques mais “gordos”, Overeem garante que não irá mudar seu estilo, principalmente por se tratar de uma característica cultural. “Eu sou da Holanda, e lá nós gostamos de vestir-se bem, nós gostamos de ser legais. Mas o que não gosto é de ter pilhas de dinheiro sobre a mesa e os carros. Para nós, em nossa cultura – e, nesse aspecto estou muito orgulhoso de ser holandês –  (essas atitudes) estão apenas atraindo problemas, atraindo dificuldades. Eu faço o que eu acho que é certo. Isso me traz felicidade”, afirmou.

Alistair Overeem disputa o cinturão dos pesos pesados contra Stipe Miocic no UFC 203, em Cleveland (EUA), dia 10 de setembro. Ele vem de quatro triunfos consecutivos na organização, sendo três nocautes. Ao todo, são seis vitorias e três derrotas no Ultimate.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments