‘Luta com Ronda precisa acontecer’, diz Cyborg

Brasileira, que enfrenta sueca no UFC Brasília, voltou a mostrar desejo em realizar combate com norte-americana

Cyborg já fez uma luta no UFC e venceu rápido. Foto: Divulgação

Cyborg já fez uma luta no UFC e venceu rápido. Foto: Divulgação

Prestes a fazer sua segunda luta no UFC, Cris Cyborg não tira da cabeça o desejo de duelar com Ronda Rousey no octógono. A brasileira quer tirar o confronto do papel e, assim, evitar que ambas as atletas tenham arrependimentos no futuro.

Veja Também

Cyborg e Ronda são, há muito tempo, duas das principais atletas de MMA entre as mulheres. As duas já se desafiaram publicamente, mas a diferença de peso (Cyborg luta com 66 kg, e Ronda com 61 kg) se mostrou um empecilho. Mesmo assim, a brasileira quer que as duas satisfaçam o apelo dos fãs e enfim lutem.

“Eu respeito todas as garotas, independentemente de quem sejam. Mas acredito que haja essa novela entre Ronda e eu que precisamos concluir. Acho que é uma luta que todos querem ver. Acho que perguntam as mesmas coisas a ela. Isso acontece porque é uma luta que precisa acontecer. Só assim poderemos encerrar nossas carreiras dizendo que fizemos uma grande luta, e não que deveríamos ter feito essa luta. Então, vamos esperar para ver se ela toma essa iniciativa. Depende dela”, comentou a brasileira, em entrevista ao site norte-americano “MMA Junkie”.

Para a luta sair do papel, Ronda teria de concordar em lutar em peso casado, já que Cyborg recentemente garantiu que não consegue baixar para os 61 kg. A brasileira fará duelo em 63 kg no dia 24 de setembro, na luta principal do UFC Fight Night 95, em Brasília, contra a sueca Lina Lansberg.

Podcast #033: As vitórias de Marina Rodriguez no UFC e Tyson Fury no Boxe + ex-campeão preso

Comentários

Deixe um comentário