‘Luta com Ronda precisa acontecer’, diz Cyborg

Brasileira, que enfrenta sueca no UFC Brasília, voltou a mostrar desejo em realizar combate com norte-americana

Cyborg já fez uma luta no UFC e venceu rápido. Foto: Divulgação

Cyborg já fez uma luta no UFC e venceu rápido. Foto: Divulgação

Prestes a fazer sua segunda luta no UFC, Cris Cyborg não tira da cabeça o desejo de duelar com Ronda Rousey no octógono. A brasileira quer tirar o confronto do papel e, assim, evitar que ambas as atletas tenham arrependimentos no futuro.

Veja Também

Será? Cris Cyborg diz que Ronda não volta ao UFC ‘por estar grávida’
‘Tenho pena da próxima adversária de Ronda’, diz namorado peso pesado do UFC
Amanda pede por luta com Ronda: ‘Sei como bloqueá-la’
Cyborg afirma que só luta em peso casado no UFC

Cyborg e Ronda são, há muito tempo, duas das principais atletas de MMA entre as mulheres. As duas já se desafiaram publicamente, mas a diferença de peso (Cyborg luta com 66 kg, e Ronda com 61 kg) se mostrou um empecilho. Mesmo assim, a brasileira quer que as duas satisfaçam o apelo dos fãs e enfim lutem.

“Eu respeito todas as garotas, independentemente de quem sejam. Mas acredito que haja essa novela entre Ronda e eu que precisamos concluir. Acho que é uma luta que todos querem ver. Acho que perguntam as mesmas coisas a ela. Isso acontece porque é uma luta que precisa acontecer. Só assim poderemos encerrar nossas carreiras dizendo que fizemos uma grande luta, e não que deveríamos ter feito essa luta. Então, vamos esperar para ver se ela toma essa iniciativa. Depende dela”, comentou a brasileira, em entrevista ao site norte-americano “MMA Junkie”.

Para a luta sair do papel, Ronda teria de concordar em lutar em peso casado, já que Cyborg recentemente garantiu que não consegue baixar para os 61 kg. A brasileira fará duelo em 63 kg no dia 24 de setembro, na luta principal do UFC Fight Night 95, em Brasília, contra a sueca Lina Lansberg.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments