Ex-rival quer volta de Ronda, mas destaca: ‘O que eu falava era verdade’

Bethe Correia afirma que tinha razão quando dizia que norte-americana não lidaria bem psicologicamente em caso de derrota

Bethe (foto) enfrentou Ronda em agosto de 2015. Foto: Josh Hedges/UFC

Bethe (foto) enfrentou Ronda em agosto de 2015. Foto: Josh Hedges/UFC

Em 2015, a brasileira Bethe Correia travou uma verdadeira guerra de palavras com Ronda Rousey antes de enfrentá-la no UFC 190. Apesar de ter perdido de forma fulminante para a ex-campeã, a paraibana insiste que, na verdade, tinha razão em suas declarações a respeito da força psicológica da norte-americana.

Veja Também

Ronda chora ao relembrar provocações de Bethe sobre suicídio de seu pai
Bethe Pitbull se desculpa e diz que não sabia de história sobre pai de Ronda
Ronda revela ter pensado em suicídio após derrota para Holm

A animosidade entre Bethe e Ronda teve início quando a brasileira disse esperar que a rival “não se matasse” caso perdesse o cinturão do UFC. A então campeã se sentiu ofendida, já que seu pai se suicidou quando ela tinha oito anos de idade.

Para Bethe, o comportamento mostrado por Ronda depois de sua derrota para Holly Holm, em novembro do ano passado, mostrou que ela estava correta. “Quando eu lutei contra a Ronda, infelizmente eu não saí com vitória para mostrar que o que eu falava dela era a verdade. Eu sempre falava que achava que a Ronda não tinha um psicológico muito forte e tal, prova disso é que depois que ela perdeu está até hoje desaparecida, ninguém tem notícias da Ronda. Não sei como ela está, quais foram os motivos, mas acho que bem ela não está”, observou a brasileira, em entrevista ao site do canal “Combate”.

Apesar da relação turbulenta com a ex-campeã, Bethe destacou que gostaria de ver a norte-americana novamente em ação. “Jamais vou tirar o reconhecimento do que a Ronda fez pelo MMA feminino e eu adoraria que ela voltasse ao MMA. Não só eu, como o mundo todo quer vê-la de volta ao octógono, até porque eu tenho uma derrota no meu currículo para ela e é algo que eu ainda quero: fazer uma revanche contra a Ronda no futuro. Mas para isso ela tem que voltar primeiro”, lembrou.

Bethe e Ronda se enfrentaram no UFC 190, no Rio de Janeiro, e a norte-americana venceu por nocaute em menos de um minuto de luta. A brasileira, que também perdeu em sua luta seguinte, em abril, contra Raquel Pennington, retorna ao octógono neste sábado (10), contra Jessica Eye, no UFC 203.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments