Campeão do UFC promete morder Demian em luta de solo

Tyron Woodley não se mostrou preocupado com jiu-jitsu do brasileiro: ‘Vou voltar a luta em pé e derrubá-lo’

Woodley é o novo campeão dos meio-médios. Foto: Divulgação/UFC

Woodley é o novo campeão dos meio-médios. Foto: Divulgação/UFC

O campeão dos meio-médios do UFC, Tyron Woodley, garantiu que se defenderia de maneira questionável do jiu-jitsu afiado de Demian Maia caso os dois venham a se enfrentar pelo cinturão. O norte-americano afirmou que morderia o brasileiro a fim de evitar ser finalizado no solo.

Veja Também

UFC Vancouver: Demian Maia domina Condit, finaliza rápido e pede por cinturão
Demian quer esperar vencedor de Woodley x Thompson se não ganhar chance pelo cinturão
Royce Gracie exalta vitória de Demian Maia: ‘Luta perfeita’

Demian é reconhecido como um dos atletas mais habilidosos no chão de toda a história do MMA. Ao todo, 12 de suas 24 vitórias vieram por finalização, incluindo em suas duas últimas lutas, contra Matt Brown e Carlos Condit.

Se o brasileiro for apontado como o próximo desafiante da categoria até 77 kg, Woodley se mostrou disposto a fazer uma atitude ilegal nas regras do MMA mesmo que venha a sofrer as devidas punições. “Eu simplesmente vou mordê-lo. Eu vou mordê-lo. Deixe o árbitro ficar bravo, deixa ele tirar um ponto meu. Eu vou dizer ‘tanto faz’. Vou voltar a luta em pé e vou derrubá-lo, vou dar o troco e deixar a luta feia nos rounds seguintes”, disse o atleta no podcast “Morning Wood with Deez Nuts”.

De 2015 para cá, Demian obteve três vitórias utilizando o mata-leão, estrangulamento a partir das costas. Woodley afirmou que o brasileiro sequer chegará à posição certa para tentar encaixar o golpe. “Deixe eu te dizer uma coisa, Maia. Sua bunda não vai ficar nas minhas costas quando formos lutar. Você pode escrever o que estou falando. Você não vai chegar lá, irmão”, avisou.

Woodley conquistou o cinturão em julho, quando nocauteou Robbie Lawler ainda no primeiro round. Segundo confirmou o UFC, seu primeiro adversário em defesa do cinturão deverá ser o norte-americano Stephen Thompson.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments