Ronda Rousey se diz orgulhosa de rixa com Donald Trump

Ex-campeã do UFC diz que ‘colocará em um quadro’ o insulto que recebeu do candidato à presidência dos Estados Unidos

Ronda se mostrou orgulhosa de rixa com Trump

Ronda se mostrou orgulhosa de rixa com Trump

Ex-campeã do UFC, Ronda Rousey se mostrou orgulhosa por já ter tido uma pequena rixa com o candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump.

Veja Também

Ronda revela que está próxima de encerrar sua carreira no MMA
Ex-campeã aponta favoritismo de Ronda sobre Amanda no UFC 207
McGregor revela torcida por Ronda Rousey: “É bom vê-la de volta”

O jornal “The New York Times” recentemente publicou uma extensa lista de 282 personalidades, instituições e países que já foram alvo de ofensas de Trump de maneira pública. Em 2015, pouco depois de Ronda perder o cinturão para Holly Holm, Trump se mostrou feliz com o episódio, já que a norte-americana “não era boa pessoa”.

Em entrevista ao programa da apresentadora Ellen DeGeneres, Ronda se orgulhou do “feito”: “Eu vou colocar aquilo em um quadro. Eu normalmente coloco meus cinturões em uma poltrona, onde ponho meus pés. Mas isso [os insultos] vai para a minha parede”, disse a lutadora.

Nem mesmo a própria atleta sabe a origem da desavença com Trump. “Não sei exatamente. Acho que ele disse que eu votaria nele, o que era novidade para mim. Eu só disse que não votaria em um astro de um reality show para ser presidente. Isso foi tudo o que eu disse. Pelo visto, isso faz de mim uma pessoa ruim”, explicou.

Ronda Rousey voltará ao octógono no dia 30 de dezembro, em Las Vegas (EUA), na luta principal do UFC 207. Na ocasião, a norte-americana enfrentará Amanda Nunes pelo título da categoria.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments