McGregor joga basquete e rouba a cena em treino aberto do UFC 205

Treino aberto para o público ocorreu em Nova York, na quadra do Knicks, time da NBA, e contou com os campeões e desafiantes do evento

Ao final das atividades, McGregor se arriscou no basquete. (Foto: Getty Images)

Sempre ele. Como é de costume, Conor McGregor foi o centro das atenções durante o treino aberto realizado nesta quarta-feira (9) pelo UFC em Nova York, na quadra do Madison Square Garden, onde joga o New York Knicks, time da NBA. Último a aparecer no local, McGregor arrancou muitos aplausos do público e fez a alegria dos fãs presentes, boa parte formado por irlandeses. Após o treino tradicional, no qual os lutadores ensaiam alguns golpes, Conor ainda se arriscou no basquete e não fez feio, acertando a cesta no único arremesso que tentou.

Veja Também

‘O UFC Nova York não aconteceria sem mim’, gaba-se McGregor
‘McGregor terá uma resposta a todo golpe que Alvarez desferir’, garante treinador
Com problemas médicos, Rashad Evans está fora do UFC 205

Questionado sobre a importância de liderar o histórico evento que será realizado em Nova York, McGregor deixou a modéstia de lado e garantiu que será imortalizado no próximo sábado.

“Significa o mundo para mim. É por isso que eu continuei me esforçando. Tive um ano maluco e ocupado e tenho trabalhado duro para os fãs. Não poderia perder esse evento. eu construí esse evento. então, aqui estou eu. Sábado à noite eu me tornarei imortal. Vou ser imortalizado nisso. Conseguir esse segundo cinturão nunca foi feito. Significa tudo para mim. É o trabalho da minha vida. Estou pronto. Cheguei preparado para dar um show para os fãs”, declarou o irlandês.

E. Alvarez voltou a garantir que finalizará McGregor no próximo sábado. (Foto: Getty Images)

E. Alvarez voltou a garantir que finalizará McGregor no próximo sábado. (Foto: Getty Images)

Eddie Alvarez, adversário de Conor, foi o primeiro a pisar na quadra. Depois de ensaiar alguns movimentos de boxe, jogo de quedas e até pular corda, o campeão peso leve do Ultimate voltou a dizer que baterá em seu rival em pé e dará números finais ao combate no chão.

“A energia é incrível. Sou abençoado de estar aqui e agradeço a todos vocês. Lutei por 13 anos da minha vida, agora vou lutar para a maior torcida, estou muito empolgado e com muita expectativa para fazer isso. Eu fiz o que faço todos os dias, foi assim que me tornei campeão. O Conor vai ficar muito preocupado com meu wrestling e, quando ele estiver preocupado,vou acertar uma bomba e depois finalizá-lo”, prometeu Alvarez.

Responsáveis pela segunda principal da noite, os meio-médios Tyron Woodley e Stephen Thompson também compareceram no evento. Ao ser perguntado sobre a expectativa para realizar sua primeira defesa de cinturão, Woodley não escondeu a ansiedade e disse estar realizando um sonho.

“Esse é um sonho se tornando realidade. Lutar no Madison Square Garden… Mal posso esperar para a noite de sábado. É a minha hora, não vou perder para ninguém. Ninguém vai me tirar esse cinturão. Vou aniquilar todo mundo na divisão. Fui azarão nas últimas lutas e estou acostumado”, disparou o campeão até 77kg.

S. Thompson citou M. Ali na entrevista pós-atividades. (Foto: Getty Images)

S. Thompson citou M. Ali na entrevista pós-atividades. (Foto: Getty Images)

Thompson, por sua vez, usou e abusou de seus tradicionais chutes altos durante o treino demonstrativo. Durante a entrevista, lembrou de Muhammad Ali, lenda do boxe e que fez história no Madison Square Garden, e falou em homenagear o ídolo. “Muhammad Ali atuou aqui e eu queria fazer uma homenagem já que vamos lutar no Madison Square Garden. Mas é isso, vou tentar mantê-lo à distância das minhas mãos e pés, flutuar como borboleta e atingir como uma abelha. Quando visualizo essa luta, vejo o nocaute acontecendo, mas o que sei é que no final o meu braço vai ser levantado”, falou o desafiante.

O UFC 205 será realizado neste sábado (12) e terá início às 21h30 (horário de Brasília) com cobertura completa do SUPER LUTAS, com narração das lutas em tempo real, relatos dos combates e entrevistas pós-evento.

CARD DO UFC 205
Peso leve: Eddie Alvarez x Conor McGregor (disputa de cinturão)
Peso meio-médio: Tyron Woodley x Stephen Thompson (disputa de cinturão)
Peso palha: Joanna Jedrzejczyk x Karolina Kowalkiewicz (disputa de cinturão)
Peso médio: Chris Weidman x Yoel Romero
Peso meio-médio: Donald Cerrone x Kelvin Gastelum
Peso galo: Miesha Tate x Raquel Pennington
CARD PRELIMINAR
Peso pena: Frankie Edgar x Jeremy Stephens
Peso leve: Khabib Nurmagomedov x Michael Johnson
Peso meio-médio: Vicente Luque x Belal Muhammad
Peso leve: Jim Miller x Thiago Pitbull
Peso médio: Rafael Natal x Tim Boetsch
Peso galo: Liz Carmouche x Katlyn Chookagian

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments