Mayweather: ‘É um desrespeito comparar McGregor a mim’

Ex-pugilista diz que não assistiu luta principal do UFC 205 e questiona ganhos financeiros do atleta irlandês

Mayweather (foto) recentemente se aposentou do boxe. Foto: Divulgação/Showtime

Mayweather (foto) recentemente se aposentou do boxe. Foto: Divulgação/Showtime

A vitória de Conor McGregor sobre Eddie Alvarez no último sábado (12), no UFC 205, impressionou muita gente. O ex-pugilista Floyd Mayweather não foi um deles. O norte-americano deu de ombros para o feito do irlandês e afirmou que é um desrespeito ser comparado ao campeão do UFC.

Veja Também

McGregor minimiza chance de luta com Nurmagomedov por histórico de lesões
Treinador de McGregor sugere revanches em defesas de título
McGregor anuncia que será pai e pede para ser sócio do UFC

McGregor e Mayweather possuem algumas características em comum: ambos não medem palavras em entrevistas, possuem um estilo repleto de ostentação e recebem grandes salários. Porém, de acordo com Mayweather, as semelhanças param por aí.

Mayweather foi abordado pela reportagem do site “TMZ” e afirmou que nem mesmo assistiu à atuação de McGregor em Nova York (EUA). Questionado a respeito da falta do seu interesse, já que McGregor seria o “Mayweather do MMA”, o norte-americano foi irônico.

“Não sabia que McGregor era invicto, que ficou sem perder por 20 anos, que havia sido campeão em cinco categorias de peso diferentes. Eu não sabia disso, vocês estão me contando uma novidade. Ele já ganhou US$ 300 milhões em uma noite? Já ganhou US$ 100 milhões em uma noite? Já ganhou US$ 70 milhões em uma noite? Você pode dizer que ele é o Floyd Mayweather do MMA, não tem problema. Mas isso não é verdade. Nunca comparem McGregor a mim. É um desrespeito. Eu sou um elefante, e elefantes não se preocupam com formigas”, rebateu o ex-pugilista.

Mayweather se aposentou do boxe no ano passado com um cartel invicto de 49 vitórias em 49 lutas. Em 2016, o próprio norte-americano expressou seu interesse em fazer uma luta com McGregor no boxe, mas o duelo não saiu do papel.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments