Lutador é suspenso por seis meses por não comparecer a pesagem

Kelvin Gastelum recebeu punição de Comissão de Nova York depois de ser retirado da luta que faria contra Donald Cerrone no UFC 205

Gastelum sequer apareceu para pesar e luta contra Cerrone foi cancelada. Foto: Josh Hedges/UFC

Gastelum sequer apareceu para pesar e luta contra Cerrone foi cancelada. Foto: Josh Hedges/UFC

A Comissão Atlética de Nova York aplicou uma suspensão de seis meses a Kelvin Gastelum por conta de seu não comparecimento à pesagem oficial do UFC 205, evento que aconteceu no dia 12 de novembro.

Veja Também

Gastelum não bate o peso e duelo contra Cerrone é retirado do UFC 205
Comissão revê lance e anula resultado de luta do UFC São Paulo
Suspenso por doping, Lyoto lamenta: ‘Não olharam minha intenção’

Na atração, Gastelum enfrentaria Donald Cerrone em combate válido pela divisão dos meio-médios. No entanto, o campeão do TUF 17 mais uma vez falhou no corte de peso, o que o fez ser retirado da luta com “Cowboy”. Sendo assim, Gastelum sequer compareceu à pesagem oficial, realizada na sexta-feira (11) na parte da manhã.

Como se trata de uma suspensão no âmbito administrativo, a punição não necessariamente irá interferir nas intenções de Gastelum em lutar sob a supervisão de outras comissões. De acordo com o site norte-americano “MMA Fighting”, Gastelum é considerado pelo UFC para enfrentar Tim Kennedy no UFC 206. A menos que a Comissão de Toronto opte por respeitar a punição, sua suposta participação no evento não deverá ser afetada.

Gastelum, de 25 anos, já sofreu com o corte de peso em várias oportunidades quando é escalado para lutar entre os meio-médios. O UFC anunciou que a próxima luta do atleta de fato deverá ser na divisão de cima, os médios.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments