Romero é suspenso por dois meses por comemoração no UFC 205

Cubano foi punido pela Comissão Atlética de Nova York por ter pulado para fora do octógono após nocautear Chris Weidman

Momento em que Romero pula para fora do octógono, após nocautear Weidman. (Foto: Getty Images)

Momento em que Romero pula para fora do octógono, após nocautear Weidman. (Foto: Getty Images)

Mais um lutador foi punido pela Comissão Atlética de Nova York (EUA). E dessa vez por um motivo peculiar. O peso médio Yoel Romero recebeu dois meses de suspensão por ter pulado para fora do octógono durante sua comemoração, após a vitória sobre Chris Weidman, no UFC 205, dia 12 de novembro. A informação é do site norte-americano “MMA Fighting”.

Veja Também

Thiago “Pitbull” é suspenso após não bater o peso no UFC 205
Lutador é suspenso por seis meses por não comparecer a pesagem
Comissão revê lance e anula resultado de luta do UFC São Paulo

De acordo com as regras da Comissão, o atleta não pode deixar a área de combate até o anúncio oficial do resultado. A suspensão é retroativa à data do duelo, portanto Romero poderá voltar a lutar a partir do dia 12 de janeiro. Essa é a terceira punição aplicada pelo órgão responsável pelo evento em Nova York, uma vez que Thiago Pitbull e Kelvin Gastelum já haviam sido suspensos por não baterem o peso limite de suas categorias.

Em janeiro deste ano, Romero foi suspenso por seis meses pela USADA (Agência Americana Antidoping) por ter sido flagrado em um exame antidoping após sua luta contra Ronaldo Jacaré. No entanto, ele conseguiu provar que havia ingerido um suplemento contaminado, o que resultou em uma suspensão de apenas seis meses. Aos 39 anos, o cubano ainda não sabe o que é perder no UFC. Na organização desde 2013, ele venceu os oito combates que realizou, sendo seis por nocaute.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments