UFC Oklahoma traz pesos leves na rota do título e ex-campeões em ação neste domingo

Ultimate leva show a Oklahoma com Michael Chiesa enfrentando o inimigo Kevin Lee e as participações de BJ Penn e Johny Hendricks

Chiesa (esq) e Lee (dir) se enfrentam (Foto: Reprodução/Twitter/danawhite)

Chiesa (esq) e Lee (dir) se enfrentam (Foto: Reprodução/Twitter/danawhite)

Ainda que o campeão peso leve Conor McGregor esteja focado em sua superluta com Floyd Mayweather, é pouco provável que ele não veja o UFC Oklahoma deste domingo (25). Isso porque dois dos melhores lutadores do mundo até 70 kg. e possíveis futuros adversários do “Notorious” estarão em ação. Vencedor da 15ª temporada do The Ultimate Fighter, Michael Chiesa enfrenta Kevin Lee na luta principal.

Veja Também

Após confusão em coletiva, Chiesa diz não ter raiva de Lee
BJ Penn e Vitor Miranda são azarões nas apostas para o UFC Oklahoma
Vídeo: Vitor Miranda minimiza tempo inativo e promete nocaute em retorno no UFC Oklahoma

Além de um duelo que deixará o vencedor perto do título, o UFC Oklahoma traz dois lutadores que já experimentaram o gostinho de ter o cinturão. BJ Penn, um dos poucos campeões em duas categorias de peso (leve e meio-médio) volta ao octógono contra Dennis Siver após vexaminosa derrota para Yair Rodríguez.

Johny Hendricks, que ganhou o título dos meio-médios em 2014, mas logo perdeu o cinturão em uma revanche com Robbie Lawler e nunca mais chegou perto da coroa, procura continuar sua reinvenção no peso médio. “Big Rigg” enfrenta Tim Boetsch, que já foi meio-pesado e corta muito peso para lutar até 84 kg., ao contrário de Hendricks. Além das três grandes atrações, o UFC Oklahoma terá o retorno do brasileiro Vitor Miranda, que busca voltar ao caminho das vitórias contra Marvin Vettori após sucumbir a Chris Camozzi há pouco mais de um ano, em maio de 2016.

Perto do topo nos leves

Chiesa (esq) e Lee (dir) se provocaram em coletiva (Foto: Reprodução/Twitter/motownphenom)

Chiesa (esq) e Lee (dir) se provocaram em coletiva (Foto: Reprodução/Twitter/motownphenom)

Tanto Kevin Lee quanto Michael Chiesa se veem capazes de vencer Conor McGregor e outros grandes nomes dos leves, como Tony Ferguson e Khabib Nurmagomedov. Antes de entrarem de vez no tanque dos tubarões da divisão, porém, um deles terá que dar um passo atrás, já que quem vencer a luta principal do UFC Oklahoma poderá pedir um confronto contra um top-5 da categoria.

Para tentar conseguir uma vantagem mental antes da luta, Lee provocou a mãe de Chiesa durante coletiva que o UFC organizou para anunciar seus principais combates para o verão norte-americano. “Maverick” se irritou e partiu para cima do “Motown Phenom”, que ainda lhe acertou um soco antes de os dois se separarem. Apesar de ter levado a “pior” na primeira interação entre os dois, Chiesa se garante concentrado.

“Ele acha que tem algum tipo de vantagem mental sobre mim, mas está muito enganado. É só um garoto, eu estava rindo disso, não há animosidade”, garante Chiesa.

Resta saber se a falta de animosidade permanecerá quando o octógono fechar para a luta principal do UFC Oklahoma.

Ex-campeões em ação

BJ não vence desde 2010 (Foto: Reprodução/Youtube/UFC)

BJ não vence desde 2010 (Foto: Reprodução/Youtube/UFC)

O desafio para BJ Penn e Johny Hendricks, que enfrentam respectivamente Dennis Siver e Tim Boetsch, é provar que podem se manter relevantes em suas respectivas divisões.

Ex-campeão leve e meio-médio, BJ estreou nos penas em 2014, quando foi dominado por Frankie Edgar. Três anos depois, resolveu voltar, desta vez contra Yair Rodríguez, que também passou por cima do havaiano. Diante de Siver, um adversário à altura para o atual momento em sua carreira, Penn pode conseguir sua primeira vitória desde 2010.

Hendricks não está no mesmo nível de BJ, já que vem de vitória apertada sobre Hector Lombard na sua estreia pelos médios. Porém, só um triunfo sobre o perigoso e mais pesado Boetsch pode mantê-lo sonhando por uma chance pelo cinturão, hoje em posse de Michael Bisping. Boetsch vem de derrota para Ronaldo Jacaré, um dos melhores da divisão, e vencer o “Bárbaro” rapidamente pode colocar Big Rigg perto do top 10.

Recomeço para ‘Lex Luthor’

Vitor é o único brasileiro no card do UFC Oklahoma (Foto: Reprodução /Facebook VitorMiranda)

Vitor é o único brasileiro no UFC Oklahoma (Foto: Reprodução /Facebook VitorMiranda)

Vindo de decepcionante derrota para Marvin Vettori, o peso médio Vitor Miranda representará o Brasil no UFC Oklahoma com o peso de precisar buscar a vitória para manter-se relevante na divisão. Diante do italiano, “Lex Luthor” encontrará um striker com bom jogo de chão, mas espera sobrepujar seu adversário com sua qualidade na luta em pé.

Em entrevista ao SUPER LUTAS, Vitor garantiu que vai buscar o nocaute e minimizou o tempo fora do octógono: sua derrota para Chris Camozzi ocorreu em maio de 2016 – há 13 meses.

“A minha estratégia vai ser a mesma das minhas vitórias. Todos os caras que eu enfrentei lutavam bem em pé, mas, a partir do momento que estão comigo no octógono e percebem que eu tenho mais capacidade para vencer a luta em pé, eles tentam me colocar no chão. Vai ser a mesma história, então estou trabalhando para isso. Me manter em pé, me movimentar para frente, agressivo e fazer meu jogo. (…) Vai ser nocaute, se Deus quiser. Não tem erro”, comentou o brasileiro.

UFC Oklahoma

DATA E HORÁRIO: 25/06/2017, a partir das 18h30 (horário de Brasília)

LOCAL: Chesapeake Energy Arena, Oklahoma City (EUA)

TRANSMISSÃO: Canal Combate

CARD PRINCIPAL 

Peso leve: Michael Chiesa x Kevin Lee

Peso médio: Tim Boetsch x Johny Hendricks

Peso palha: Felice Herrig x Justine Kish

Peso meio-pesado: Joachim Christensen x Dominick Reyes

Peso meio-médio: Tim Means x Alex Garcia

Peso pena: BJ Penn x Dennis Siver

CARD PRELIMINAR 

Peso leve: Clay Guida x Erik Koch

Peso médio: Vitor Miranda x Marvin Vettori

Peso palha: Carla Esparza x Maryna Moroz

Peso leve: Devin Powell x Darrell Horcher

Peso pena: Jared Gordon x Michel Quiñones

Peso leve: Tony Martin x Johnny Case

Peso meio-pesado: Josh Stansbury x Jeremy Kimball

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments