TUF Finale tem brasileiro em busca de redenção e grande duelo nos leves

Evento que abre fim de semana de lutas do UFC terá três brazucas e grandes duelos entre lutadores de renome

Johnson e Gaethje lideram o TUF 25 Finale (Foto: Reprodução - Twitter FoxSports)

Johnson e Gaethje lideram o TUF 25 Finale (Foto: Reprodução – Twitter FoxSports)

O TUF Finale 25 desta sexta-feira (7) pode ser histórico para o Brasil, já que o meio-médio Dhiego Lima está na final do torneio do reality show The Ultimate Fighter. Ele pode se tornar apenas o segundo brasileiro a conquistar a edição original norte-americana do programa, após Diego Brandão vencer o TUF 14. Para isso, porém, o irmão do campeão do Bellator Douglas Lima terá que passar pelo perigoso wrestler Jesse Taylor.

Veja Também

Gaethje mostra dedo médio a Johnson na pesagem do TUF Finale
Brasileiros são azarões nas casas de apostas para o TUF 25 Finale
Brasileiro Dhiego Lima enfrenta Jesse Taylor na final do TUF 25

Além da final do TUF 25, que conta com ex-participantes de outras edições, o TUF Finale contará, na luta principal, com a estreia de Justin Gaethje no UFC. O peso leve deixou a antiga WSOF como campeão e está invicto na carreira, com 17 vitórias. Ele enfrenta o perigoso Michael Johnson, atual número cinco do rankings até 70 kg., e que vem de triunfo por nocaute sobre Dustin Poirier.

Lutando no TUF Finale também estarão outros dois brasileiros, além de Dhiego: a peso palha Juliana “Ju Thai” Lima enfrenta a perigosa Tecia Torres, enquanto Marcel Fortuna faz sua orimeira luta na categoria dos meio-pesados contra Jordan Johnson, após estreia vitoriosa no Ultimate lutando como peso pesado.

A redenção de Dhiego Lima

D. Lima busca retorno ao UFC (Foto: Reprodução/Facebook/Dhiego Lima)

D. Lima busca retorno ao UFC (Foto: Reprodução/Facebook/Dhiego Lima)

Após começar sua carreira no UFC com o vice-campeonato do TUF 19, o brasileiro Dhiego Lima acabou demitido após sequência de derrotas. Fora da maior promoção de MMA do mundo, Dhiego tratou de refazer os passos que o levaram ao UFC. Ele conquistou o título do Titan FC, evento norte-americano, e foi chamado para o TUF 25, que reuniria ex-participantes de outras edições e teria como treinadores Cody Garbrandt, atual campeão peso galo, e TJ Dillashaw, ex-dono do cinturão até 61 kg. e próximo desafiante ao título.

No time de Dillashaw, Dhiego brilhou, vencendo Hayder Hassan, Gilbert Smith e Tom Gallichio, todos por decisão unânime. Na final, ele terá a oportunidade de carimbar seu passaporte de volta ao UFC contra Jesse Taylor.

O norte-americano foi o único lutador da história do TUF ao ser desclassificado logo antes da grande final. Na sétima temporada, Taylor chegou à decisão entre os meio-médios, mas escapou da casa para comemorar e acabou preso após beber muito e causar confusões em Las Vegas. Agora, o wrestler também poderá ter sua própria redenção.

Peso leve em alta 

J. Gaethje (dir) provoca M. Johnson (esq) (Foto: Reprodução/Youtube/UFC)

J. Gaethje (dir) provoca M. Johnson (esq) (Foto: Reprodução/Youtube/UFC)

A exemplo do último evento do Ultimate, os pesos leves serão a principal atração do TUF 25 Finale. O número cinco do ranking Michael Johnson enfrenta Justin Gaethje, que faz sua estreia na companhia. Cheio de moral, Gaethje chega ao UFC como ex-campeão do WSOF. Seus números não mentem: são 17 vitórias e nenhuma derrota, além de 14 nocautes entre seus triunfos.

Já Johnson tem cartel menos brilhante – são 12 vitórias e cinco derrotas no mesmo número de combates que o adversário. “The Menace” tem a seu favor o fato de ter encarado um nível de competição melhor: já enfrentou Khabib Nurmagomedov e Tony Ferguson, os dois principais nomes do ranking, tirando Conor McGregor – Johnson venceu Ferguson e perdeu para Khabib.

Nesta sexta-feira, Gaethje pode dar um grande passo rumo à disputa de cinturão em sua nova casa. Mas terá que passar pelo faminto Johnson, que se recuperou do revés para Nurmagomedov com um violento nocaute sobre o perigoso Dustin Poirier.

Brasileiros em ação

marcelfortuna-reproducao-facebook-ufc

Iniciando a noite desta sexta-feira, Juliana Lima terá pela frente um grande desafio e também uma excelente oportunidade. A brasileira enfrentará Tecia Torres, número cinco do ranking. Fora das 15 primeiras colocações, Ju Thai poderá furar a fila de muita gente, caso consiga superar o “Pequeno Tornado”. A favor de Lima está o fato de Torres ter aceitado o duelo com pouco tempo de preparação – Amanda Ribas era a adversária original de Ju Thai, mas foi pega em exame antidoping e está montando sua defesa. Com isso, uma grande oportunidade caiu no colo de Juliana, que vem de bom triunfo sobre JJ Aldrich.

Outro brasileiro abrirá a porção principal do TUF Finale desta sexta-feira. Após uma estreia fulminante como peso pesado, Marcel Fortuna fará seu primeiro combate pelo Ultimate na categoria de baixo. Nos meio-pesados, ele pega Jordan Johnson e, em caso de vitória, já poderá dar um importante passo rumo ao ranking da divisão, que passa por uma entressafra e, por isso, tem nomes questionáveis entre os 15 primeiros.

Ficha Técnica do TUF 25 Finale

DATA E HORÁRIO: 07/07/2017, a partir das 19h (horário de Brasília)

LOCAL: T-Mobile Arena, Las Vegas, Estados Unidos

TRANSMISSÃO: Canal Combate

CARD PRINCIPAL 

Peso leve: Michael Johnson x Justin Gaethje

Final do TUF 25 (peso meio-médio): Dhiego Lima x Jesse Taylor

Peso leve: Marc Diakiese x Drakkar Klose

Peso meio-pesado: Jared Cannonier x Nick Roehrick

Peso médio: Brad Tavares x Elias Theodorou

Peso meio-pesado: Jordan Johnson x Marcel Fortuna

CARD PRELIMINAR

Peso palha: Angela Hill x Ashley Yoder

Peso médio: Ed Herman x CB Dollaway

Peso galo: Jessica Eye x Aspen Ladd

Peso pena: Gray Maynard x Teruto Ishihara

Peso palha: Tecia Torres x Juliana Lima

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments