Robert Whittaker quer defesa de cinturão contra Chris Weidman

O campeão dos médios quer enfrentar Chris Weidman no UFC 231, em novembro no Madison Square Garden, Nova York

R. Whittaker passou por uma cirurgia há duas semanas por conta da fratura no dedo polegar da mão direita. Foto: Reprodução/Instagram @robwhittakermma

Nas últimas semanas, os lutadores pesos médios do Ultimate Kelvin Gastelum e Chris Weidman argumentaram que merecem ser o próximo na disputa de título da categoria. Parece que o campeão Robert Whittaker parece ter decidido qual dos adversários quer enfrentar. Em entrevista para o jornal “Daily Telegraph”, o empresário do lutador neozelandês, Titus Day, ele espera defender seu título contra o ex-campeão Weidman no UFC 231, em novembro que deve ocorrer no Madison Square Garden, em Nova York.

Veja Também

Após cirurgia, Robert Whittaker pode voltar aos treinos em sete semanas
Kelvin Gastelum admite ser o próximo desafiante de Robert Whittaker
Chris Weidman quer ser o próximo desafiante ao título dos médios

O empresário acredita que a mão quebrada de Whittaker no embate com Romero deve estar curada até novembro. “Rob é o campeão dos médios e suas duas últimas lutas foram guerras. Então, se a mão dele se curar tão rápido quanto esperamos, nós definitivamente o faríamos para competir na maior arena de luta do mundo. E Chris Weidman, como o ex-campeão, seria um rival perfeito para essa luta”, disse Day.

Whittaker lutou pela última vez em junho, quando venceu por decisão dividida Yoel Romero no UFC 225.

Chris Weidman, recentemente cuidou de uma lesão. Ele não luta desde julho de 2017, quando finalizou Gastelum no terceiro round.

Até o momento, nenhuma luta foi marcada para o retorno do UFC ao Madison Square Garden, mas, como o empresário de Whittaker sugere, é provável que seja uma das maiores cards do ano.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário