Glover Teixeira e Vitor Miranda perdem no UFC Hamburgo

Brasileiros não conseguem encaixar suas estratégias e veem seus oponente darem show no card principal

C. Anderson (dir.) dominou G. Teixeira (esq.) em um duelo de gerações. Foto: Reprodução/Instagram UFC

Em um card principal com três brasileiros, Glover Teixeira e Vitor Miranda decepcionaram os torcedores. Eles foram dominados por seus oponentes do inicio ao fim dos embate que duraram 15 minutos e foram decididos pelos juízes. Teixeira perdeu para Corey Anderson em decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27). Enquanto Vitor foi derrotado pelo estreante, Abu Azaitar por decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 29-28).

Veja Também

UFC Hamburgo: Em card preliminar sem brasileiros, Manny Bermudez finaliza rápido
UFC Hamburgo: Maurício Shogun x Anthony Smith – Resultados

Com um retrospecto de 26 vitórias, entre elas contra Rashad Evans e Quinton Rampage, o brasileiro Glover Teixeira decepcionou ao ser derrotado Corey Anderson em decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27). O norte-americano manteve suas características com quedas e um bom jab e foi superior ao mineiro nos 15 minutos do embate. Com a vitória, Overtime conquista seu segundo triunfo seguido.

A Luta

No primeiro round, Glover mantem a calma e mostra sua experiência no octógono ao defender as investidas de Anderson. Corey tenta ataca as pernas de Teixeira e depois de algumas tentativas consegue a queda. A luta fica em pé e os atletas conseguem alguns golpes contundentes. Ao final do primeiro tempo, o brasileiro conseguiu a queda e uma guilhotina que quase finalizou seu oponente. Ele foi salvo pelo gongo.

A estratégia de Glover muda ao iniciar o segundo round quando busca as pernas de Corey. O brasileiro começa a demonstrar o cansaço. O norte-americano aplica um direto de direita e o mineiro sente o golpe. Anderson no restante do round domina ao conseguir bons socos, chutes e cotoveladas. Enquanto Glover tenta se defender.

No terceiro assalto, Anderson parte pra cima do brasileiro e tenta a queda. Glover tentou aplicar uma guilhotina, mas o norte-americano livrou-se da posição. Glover mostrou-se muito cansado e não conseguiu efetividade nos golpes. Corey coloca pressão no mineiro que não responde a altura e foi assim até o final do embate.

Vitor Miranda é dominado por Abu Azaitar

Em um encontro de nocauteadores o dono da casa, Abu Azaitar levou a melhor e venceu o brasileiro Vitor Miranda por decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 29-28). O combate foi definido pela resistência física dos atletas não descansaram nos 15 minutos de luta. O estreante soma 15 vitórias na carreira. Enquanto isso, Lex Lutor vai para a terceira derrota consecutiva no Ultimate.

O primeiro round iniciou bem estudado pelos atletas. O dono da casa mostrou sua superioridade nos cinco minutos iniciais ao conectar muitos golpes contundentes em sequência enquanto o brasileiro buscava se detender.

No segundo round o brasileiro mostrou mais eficiência quando colocou a luta para o chão. Tentou até encaixar um katagatame, mas mostrou-se mais lento que seu oponente. Azaitar conseguiu sair do jogo de Vitor e conseguiu aplicar muitos socos eficientes no catarinense.

No terceiro round, o brasileiro ouve os córners e aplica a estratégia, colocando o adversário no chão. Vitor tenta colocar um armlock em Abu que escapa e tenta um triângulo invertido em Vithai. Com Azaitar não é especialista na luta de solo, Vitor escapa do golpe e mantem o oponente no chão. O dono da casa inverte a posição e fica por cima conectando os golpes no minuto final da luta. O brasileiro termina a luta golpeando, mas já não vale mais nada.

Resultados do UFC Hamburgo

Card Principal

Peso meio-pesado:  Anthony Smith venceu Maurício Shogun por nocaute a 1m29s do R1

Peso meio-pesado: Corey Anderson derrotou Glover Teixeira na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso médio: Abu Azaitar venceu Vitor Miranda na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 29-28)

Peso pesado: Marcin Tybura derrotou Stefan Struve na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 29-28)

Peso meio-médio: Danny Roberts venceu David Zawada na decisão dividida dos juízes (27-30, 29-28, 29-28)

Peso leve: Nasrat Haqparast derrotou Marc Diakiese na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-26)

Card Preliminar

Peso leve: Damir Hadzovic venceu Nick Hein na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso meio-médio: Bartosz Fabinski derrotou Emil Meek na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 29-28)

Peso pena: Nad Narimani venceu Khalid Taha na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-37)

Peso meio-pesado: Aleksandar Rakic derrotou Justin Ledet na decisão unânime dos juízes (30-25, 29-24, 29-24)

Peso galo:  Manny Bermudez finalizou Davey Grant com um triângulo a 59s do R1

Peso meio-pesado: Darko Stosic venceu Jeremy Kimball por nocaute técnico a 3m13s do R1

Peso galo:  Pingyuan Liu derrotou Damian Stasiak na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 29-28)

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário