Cris Cyborg e Amanda Nunes fazem superluta de campeãs no UFC 232

Cyborg aceitou defender o cinturão dos penas contra Amanda na luta principal do evento agendado para dezembro, em Las Vegas

Cyborg (esq.) e Amanda (dir.) duelam no UFC 232. Foto: Reprodução / Instagram CrisCyborg

Brasil x Brasil, campeã x campeã! As negociações foram longas, mas, enfim, o Ultimate conseguiu marcar a superluta entre as brasileiras Cris Cyborg, dona do cinturão peso pena (até 65,7 kg.) e Amanda Nunes, rainha na divisão de galos (até 62,1 kg.). O embate será atração do UFC 232, evento que acontece dia 29 de dezembro, em Las Vegas (EUA.). A notícia do casamento da luta foi divulgada pela ESPN norte-americana. A emissora revelou que a informação foi confirmada pelo próprio Dana White, presidente da franquia.

Veja Também

Cris Cyborg ironiza conquista de Ronda Rousey na WWE
Amanda Nunes garante que enfrentará Cris Cyborg em dezembro
Namorada de Amanda Nunes cogitou abandonar o MMA para tornar-se mãe
Com 30 atletas, ‘Contender Series Brasil’ estreia na sexta-feira

O duelo de campeãs será válido pelo cinturão dos penas, em posse de Cyborg. Amanda tentará repetir o feito de Conor McGregor e Daniel Cormier e conquistar dois títulos do Ultimate de forma simultânea. Por outro lado, Cris busca emplacar sua terceira defesa de reinado no octógono.

Amanda Nunes, de 30 anos, tem um histórico profissional de 16 vitórias e quatro derrotas. A baiana, que vem de sete triunfos em série, conquistou o cinturão dos galos em 2016, no UFC 200, quando bateu Miesha Tate. Na sequência, ela ainda derrotou Ronda Rousey, Valentina Shevchenko e Raquel Pennington.

Já Cyborg, de 33 anos, tem um cartel de 20 vitórias e apenas uma derrota. A paranaense, que não perde desde 2005, quando debutou no MMA, fará sua terceira defesa de título no octógono. Antes da superluta contra Amanda, Cris conquistou o título contra Tonya Evinger e derrotado Yana Kunitskaya, e Holly Holm.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário