Hunt provoca Werdum após caso de doping: ‘Esse é seu prêmio por ter a cabeça fraca’

O neozelandês encara Alexey Oleinik na luta principal do UFC Moscou após a saída do brasileiro devido à suspensão da USADA

M. Hunt vai lutar no UFC Moscou. Foto: Reprodução/Instagram @markhuntfighter

Sem papas na língua, Mark Hunt é conhecido por falar o que pensa sobre os lutadores flagrados por testes antidoping. Depois de Brock Lesnar, o alvo da vez é Fabrício Werdum que foi suspenso das competições de MMA por dois anos por uso de esteroide anabolizante. O neozelandês durante o Media Day do UFC Moscou não poupou o gaúcho das críticas e ofensas.

Veja Também

Mark Hunt é o substituto de Fabrício Werdum no UFC Rússia
Mark Hunt e Alexey Oleynik fazem luta principal do UFC Moscou

Hunt chegou a citar as favelas brasileiras ao comentar sobre a suspensão de Werdum e chamou o ex-campeão de ‘cabeça fraca’.

“Estou feliz por ele ter sido flagrado, aquele babaca. Volte para as favelas. F**-se, seu m***! Bom trabalho. Ele deveria estar aqui, mas é isso que se ganha por ser fraco. Esse é seu prêmio, Fabricio, por ter a cabeça tão fraca. Te vejo depois”, provocou Hunt.

Hunt foi nocauteado por Werdum quando se enfrentaram pelo cinturão interino dos pesados, no UFC 180, em 2014. O neozelandês afirmou que ver ‘Vai Cavalo’ em um confronto com Cain Velasquez o deixou muito irritado.

“Tive que perder 21kg em três semanas e meia para poder disputar o cinturão naquele evento. Levei uma joelhada na cabeça daquele trapaceiro, e depois ele venceu Cain Velasquez no México também. Aquilo me deixou muito irritado. E depois ele não me enfrentou – esse cara é um trapaceiro de m****. É um cachorro. Te vejo depois, Fabricio. Aproveito, filho da p****”, concluiu Mark.

Inicialmente a luta principal do UFC Moscou seria entre Fabrício Werdum e Alexey Oleinik. Com a suspensão da USADA o brasileiro foi retirado o card e Mark Hunt ficou em seu lugar.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário