Mark Hunt é favorito contra Alexey Oleinik na luta principal do UFC Moscou

Estreia da franquia na Rússia também terá luta entre veteranos e brasileiro pintando como azarão diante de lutador local

Apostas no card principal do UFC Russia. Foto: Divulgação UFC

O próximo sábado (15) será dia de UFC Moscou, e como não poderia deixar de ser, o primeiro evento da maior franquia do MMA em território russo terá um atleta local subindo ao octógono na luta principal. Alexey Oleynik vai encarar o oitavo colocado no ranking da divisão dos pesos-pesados, Mark Hunt.

As emoções, no entanto, não ficarão por aí. O card principal terá ainda outras três lutas, incluindo a do brasileiro Thiago Pitbull contra Alexey Kunchenko, e você poderá auferir lucros de até 350% com as cotas do Oddsshark.com.

Mark Hunt x Alexey Oleinik

O principal combate do UFC Fight Night 136 colocará frente a frente dois quarentões que seguem em plena atividade, e de forma competitiva.

Oleinik, o representante local, tem 41 anos de idade, e está na estrada desde 1996. Seu extenso cartel tem 56 vitórias, 11 derrotas e um empate. Ele triunfou em 14 de suas últimas 16 lutas, e recebeu o prêmio de Performance da Noite ao finalizar o brasileiro Junior Albini no UFC 224, em maio, no Rio de Janeiro.

Mark Hunt, de 44 anos, vem de derrota para Curtis Blaydes no UFC 221, em fevereiro, mas em seu compromisso anterior, seis meses antes, nocauteou Derrick Lewis no UFC Auckland, naquela que foi considerada a Luta da Noite. O neozelandês tem um cartel de 13 vitórias, 12 derrotas e um empate, e é o oitavo colocado no ranking da divisão dos pesos-pesados.

A aposta em Oleinik mostra-se bastante lucrativa, uma vez que se for bem-sucedida devolverá R$ 2,59 por cada real investido. O favoritismo, contudo, é de Hunt, que tem o triunfo cotado em R$ 1,52/R$ 1,00.

Jan Blachowicz x Nikita Krylov

A expectativa é por um duelo bastante equilibrado entre o polonês Jan Blachowicz e o ucraniano Nikita Krylov na co-luta principal. Ambos os lutadores atravessam boa fase, e vêm ganhando posições no ranking da divisão dos meio-pesados.

Blachowicz é o quarto colocado, e não sabe o que é perder desde que enfrentou Patrick Cummins, em abril de 2016. Desde então, finalizou Devin Clark e levou a melhor sobre Jared Cannonier e Jimi Manuwa por decisão unânime. Seu cartel é de 22 vitórias e sete derrotas, e ele está desde 2014 no UFC. Antes de se tornar um contratado de Dana White, ele foi campeão do KSW, a principal organização do MMA polonês.

O jovem Nikita Krylov, de 26 anos, possui um extenso cartel de 29 lutas, com uma característica curiosa: nenhuma delas foi decidida pelos jurados. Seja nas vitórias, que foram 24, ou em suas cinco derrotas, o encerramento das lutas sempre se deu por nocaute ou finalização. Intensidade, portanto, é o que não falta ao ucraniano. Ele está afastado do UFC desde que perdeu para Misha Cirkunov no final de 2016, e de lá para cá teve uma bem-sucedida passagem de três lutas pelo FNG (Fight Nights Global).

Krylov tem um ligeiro favoritismo, com a vitória cotada em R$ 1,83/1,00. Caso Blachowicz leve a melhor, o lucro será de 99%.

Andrei Arlovski x Shamil Abdurakhimov

O bielorusso Andrei Arlovski e o russo Shamil Abdurakhimov são, respectivamente, 11º e 14º colocados no ranking da divisão dos pesos-pesados, mas apesar da posição inferior, o favoritismo é do lutador local.

Em sua luta mais recente, no UFC Xangai, Abdurakhimov precisou de apenas um minuto e meio para nocautear Chase Sherman. No UFC desde 2015, ele tem um saldo positivo até aqui, com três vitórias e duas derrotas. A totalidade de seu cartel apresenta números ainda mais favoráveis, 18 triunfos e quatro reveses.

Arlovski, por sua vez, vem atravessando um período difícil, e levou uma ducha de água fria em sua última luta. O calvário do bielorrusso começou na derrota para Stipe Miocic, em janeiro de 2016, a primeira de uma série de cinco. Quando sua carreira parecia arruinada, ele voltou a vencer após quase dois anos quando enfrentou o brasileiro Junior Albini, e emendou um novo triunfo diante de Stefan Struve. Contra Tai Tuivasa, no UFC 225, há pouco mais de dois meses, foi derrotado por decisão unânime, mas deixou o octógono questionando o resultado. Seu cartel é de 27 vitórias e 16 derrotas.

De acordo com o Oddsshark.com, o lucro será de 71% em caso de vitória de Abdurakhimov, enquanto Arlovski tem o triunfo cotado em R$ 2,10/R$ 1,00.

 Alexey Kunchenko x Thiago Pitbull

Em mais um combate pela divisão dos meio-médios, o brasileiro Thiago Pitbull chega como azarão para enfrentar o estreante no UFC Alexey Kunchenko.

O russo é um fenômeno do M-1, a principal organização local, onde foi campeão, e ostenta um cartel de 18 vitórias e nenhuma derrota. Kunchenko obteve 72% de suas vitórias por nocaute, e sendo 11 anos mais novo que Pitbull, deverá levar vantagem no aspecto físico.

O brasileiro já tem 12 anos de UFC, mas nos três últimos acumulou mais frustrações do que alegrias. Pitbull venceu apenas uma de suas quatro lutas mais recentes, contra Patrick Côté, e quando retornou ao octógono, no UFC Austin, em fevereiro, foi nocauteado por Curtis Millender com uma joelhada. Seu cartel é de 22 derrotas e quatro derrotas.

Caso Thiago consiga surpreender, o retorno será de excelentes R$ 4,50 por real apostado. Tudo se encaminha, no entanto, para o triunfo de Kunchenko, que proporcionará ao apostador um lucro de 20%.

UFC Fight Night 136

15 de setembro de 2018, na Rússia

CARD PRINCIPAL (15h, horário de Brasília):

Peso-pesado: (R$ 1,52) Mark Hunt x Alexey Oleinik (R$ 2,59)

Peso-meio-pesado: (R$ 1,99) Jan Blachowicz x Nikita Krylov (R$ 1,83)

Peso-pesado: (R$ 2,10) Andrei Arlovski x Shamil Abdurakhimov (R$ 1,71)

Peso-meio-médio: (R$ 1,20) Alexey Kunchenko x Thiago Pitbull (R$ 4,50)

CARD PRELIMINAR (11h30, horário de Brasília):

Peso-médio: (R$ 2,25) CB Dollaway x Khalid Murtazaliev (R$ 1,64)

Peso-galo: (R$ 1,12) Petr Yan x Jin Soo Son (R$ 6,00)

Peso-leve: (R$ 1,14) Rustam Khabilov x Kajan Johnson (R$ 5,50)

Peso-leve: (R$ 1,22) Mairbek Taisumov x Desmond Green (R$ 4,25)

Peso-meio-pesado: (R$ 1,22) Magomed Ankalaev x Marcin Prachnio (R$ 4,25)

Peso-médio: (R$ 3,00) Adam Yandiev x Jordan Johnson (R$ 1,38)

Peso-meio-médio: (R$ 1,20) Ramazan Emeev x Stefan Sekulic (R$ 4,50)

Peso-galo: (R$ 1,18) Merab Dvalishvili x Terrion Ware (R$ 4,75)

 

Deixe seu comentário