Liddell garante que se for derrotado por Ortiz vai retornar à aposentaria

O veterano acredita que se for derrotado pelo rival não terá mais o que fazer no ringue. Contudo, se vencer, o lutador garante que fará mais duas ou três lutas

C. Liddell estava aposentado desde 2010. Foto: Reprodução/Instagram @chuckliddell

As lendas do MMA, Chuck Liddell e Tito Ortiz vão fazer o terceiro combate da trilogia no dia 24 de novembro, pelo Golden Boy MMA. Os dois primeiros confrontos foram realizados no UFC 47 e 66 em abril de 2004 e dezembro de 2006, respectivamente. Nos dois duelos, ‘Huntington Beach Bad Boy’ nocauteou seu oponente. Após oito anos fora do cage, ‘Iceman’ projetou seu futuro após o confronto com o velho rival. Ele garantiu que se for derrotado vai retornar a aposentaria, mas se vencer fará mais duas ou três lutas.

Veja Também

De La Hoya confirma terceira luta entre Ortiz e Liddell no dia 24 de novembro
Chuck Liddell x Tito Ortiz: antecipe as apostas e turbine seus rendimentos

“Se ele me vencer, não tenho o que fazer no ringue novamente. Se me vencer, eu paro”, analisou o lutador

Em entrevista ao canal norte-americano do YouTube, Seconds Out, Liddell reconheceu que o confronto com Ortiz é uma motivação a mais em seu retorno ao MMA. Ele ainda afirmou que o duelo contra o rival é um ‘aquecimento’ para seu regresso ao mundo das lutas.

“Quando eu comecei a voltar à minha forma, [eu dizia] se eu decidir lutar, seria para fazer duas ou três mais depois desta. Fiquei em forma, estou pronto, meu corpo está ótimo. Tudo está ótimo, estou pronto para lutar. É simplesmente uma grande luta de aquecimento. Não há uma luta de ajuste melhor do que contra ele. Ele é alguém contra quem sou melhor em tudo, então é uma grande luta de aquecimento para mim”, explicou Chuck.

Após uma sequência de cinco derrotas no Ultimate, Liddell anunciou sua aposentaria em 2010. Aos 48 anos, Chuck tem em sua carreira no MMA 29 confrontos, sendo 21 triunfos e oito reveses. Sua última luta foi a derrota para Rich Franklin no UFC 115 em junho de 2010.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments