Empresário de Khabib quer salário de US$ 50 milhões para lutador em próxima luta

Ali Abdelaziz afirmou que não importa quem será o próximo adversário de Nurmagomedov desde que o campeão receba uma bolsa de no mínimo US$ 50 milhões

A. Abdelaziz acredita que o russo já criou um legado no MMA. Foto: Reprodução/Instagram @alibelaziz0000

Khabib Nurmagomedov venceu Conor McGregor com uma finalização no quarto assalto da luta principal do UFC 229. Com o triunfo o russo recebeu uma bolsa de US$ 2 milhões enquanto o irlandês embolsou US$ 3 milhões sem contar a percentagem nas vendas de pacotes pay-per-view. Em entrevista ao site norte-americano TMZ Sports, o empresário de ‘Eagle’, Ali Abdelaziz afirmou que a conquista valorizou o ‘passe’ do seu atleta e almeja ganhar US$ 50 milhões no próximo confronto.

Veja Também

Comissão Atlética de Nevada prorroga suspensões de McGregor e Khabib até dezembro
Presidente do UFC acredita que Ferguson merece ser o próximo rival de Khabib

“Ouça, o cara que acabamos de enfrentar disse que ganhou 50 milhões de dólares. Acho que, como uma superestrela global, Khabib o ultrapassou. Você tem um cara se encontrando com [o presidente da Rússia, Vladimir] Putin e [o da Turquia, Recep] Erdogan e o outro vendendo uísque na loja da esquina. Não está nem no mesmo planeta. Bom para ele. Que seja. Não é nada da nossa conta”, explicou Abdelaziz.

Para o empresário de Khabib seu trabalho está direcionado em conseguir a melhor bolsa possível para o russo. Dessa forma ele garantiu que não importa quem será o próximo adversário de Nurmagomedov desde que receba o valor que deseja.

“No fim das contas, talvez uma grande quantidade de dinheiro na mesa, talvez a revanche. Não sei. Talvez deremos uma revanche para o cara que acabamos de matar. O que traga dinheiro a Khabib. Este é o meu trabalho agora. Não é o de Khabib. Khabib criou um legado: 11 anos, 27 lutas. Agora, o dinheiro fala”, contou Ali.

Antes de pensar no próximo oponente Khabib terá de comparece na audiência da Comissão Atlética de Nevada no dia 10 de dezembro. Os membros do comitê vão decidir o futuro de Nurmagomedov após a briga generalizada do UFC 229.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments